TJMS - Setembro
(67) 99826-0686

VÍDEO: funcionário abre cova 'pela metade' e família tem que terminar serviço antes de enterro

Vereador diz que Distrito está abandonado; prefeitura afirma que erro foi do funcionário

14 JUN 2018
Bruna Vasconcelos
17h00min
Cova deixada por funcionário era muito rasa Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

Não há nada tão ruim que não possa piorar. Se não bastasse a dor do luto, uma família de Aquidauana precisou buscar forças e abrir uma cova para sepultar o parente que havia morrido.

A cena dramática foi registrada mesmo após a prefeitura enviar um coveiro para abrir a cova no Distrito de Piraputanga. Acontece que o funcionário deixou um “buraco” que não cabia o caixão e foi embora. A própria família de Moises Rodrigues da Silva, com o auxilio de pás, precisou cavar profundidade e comprimento suficientes para realizar o sepultamento.

O vereador e morador do Distrito, Youssef Saliba, classifica a situação como “ridícula”. Ele contou ao TopMídiaNews que havia três funcionários trabalhando na limpeza da cidade e do cemitério, mas a prefeitura dispensou os servidores e o Distrito ficou abandonado.

“Não tem coveiro, não tem gente para limpar. O cemitério está cheio de mato, só com uma cerca, não tem muro. Não tem nem capela para velar os mortos. Infelizmente isso é triste e lamentável.”

Por meio de assessoria de imprensa, a prefeitura de Aquidauana afirmou que existe coveiro no Distrito, mas ele não teria “feito o trabalho corretamente”. Além disso, a  prefeitura garantiu que está sabendo do ocorrido e vai averiguar para tomar as devidas providências. O prefeito Odilon Ribeiro lamenta o ocorrido em um momento delicado para a família.

Confira o vídeo:

Veja também