(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Campo Grande recebe 7ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade

Velocidade

26 OUT 2013
Da redação
17h36min
Foto: Divulgação

Campo Grande recebe no próximo mês uma das etapas nacionais do GP de Moto 1000. Esta será a primeira vez que a Capital entra no circuito da competição, que tem em disputa o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. A direção do Moto GP anunciou nesta semana que terá no Autódromo Internacional de Campo Grande as corridas da sétima de suas oito etapas, no dia 17 de novembro.


"A Cidade Morena entra pela primeira vez no calendário de provas do evento, condição já atingida por São Paulo (SP), Brasília (DF), Santa Cruz do Sul (RS), Rio de Janeiro (RJ), Cascavel e Pinhais (PR). A partir de 2013, o Moto 1000 GP põe em disputa o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade", anunciou Gilson Scudeler, diretor do evento.

 

Várias vezes vencedor das etapas sul-mato-grossenses do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade como piloto, Scudeler avaliza o traçado de 3.433 metros de Campo Grande para o Moto 1000 GP. “Foram ótimas corridas lá, e também bastante retorno desportivo. Aquela é uma pista propícia para motovelocidade, é técnica, alterna trechos de alta e baixa velocidade e com uma reta longa. Nosso campeonato preza muito pela diversificação dos tipos de pista”, destacou.

 

Circuito

O autódromo da Capital será o sétimo a receber uma etapa do Moto 1000 GP em menos de três anos de existência da competição. “A pista se encaixa bem nesse perfil de termos um Campeonato Brasileiro com circuitos bem diferentes, com desafios diferentes de acerto das motos. Só assim vamos conseguir preparar bem os nossos pilotos e proporcionar um campeonato diversificado para pilotos e para o público”, ponderou o organizador.

 

A oitava e última etapa do Moto 1000 GP está confirmada para 1º de dezembro em Cascavel (PR), no Autódromo Zilmar Beux. O veloz circuito paranaense registrou público recorde na quarta etapa, realizada no dia 25 de agosto. “Além de ter uma pista bastante desafiadora, bem propícia para as corridas decisivas do campeonato, a cidade de Cascavel é interessantíssima para os pilotos e principalmente para seus patrocinadores no aspecto comercial”, ilustrou Scudeler.

O evento de dois meses atrás em Cascavel levou ao autódromo mais de 23.000 torcedores, marca quase alcançada pela sexta etapa, que teve cerca de 22.000 espectadores no último domingo (20) no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. “Foi uma etapa muito positiva para todos os envolvidos, por isso decidimos voltar a Cascavel”, disse Scudeler. “Quando anunciamos essa decisão em Santa Cruz do Sul, a reação de todos foi de aprovação”.

Veja também