re9
lalu kids
(67) 99826-0686

Cancelamento de voo fretado tira prefeito de Chapecó de acidente na Colômbia

O site oficial da prefeitura do município confirmou que Buligon estava entre os convidados, porém, não teria embarcado

29 NOV 2016
Da Redação / Terra
09h34min
Foto: Reprodução / Google

Confirmado entre os passageiros que estariam no voo que levou a delegação da Chapecoense à Colômbia para disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, o prefeito da cidade de Chapecó, Luciano Buligon, não estava no avião que caiu em Unión na madrugada desta terça-feira.

O site oficial da prefeitura do município confirmou que Buligon estava entre os convidados, porém, iria somente na tarde desta terça, em voo comercial partindo de São Paulo.

"Nós estávamos previstos para estar nesse voo. Inicialmente, a gente iria num voo fretado, mas a ANAC não liberou e nós optamos por ir em voo regular hoje de tarde. Mas voltaríamos nesse voo (que caiu). Esse avião teve um pedido indeferido, porque há um acordo internacional de que quando há fretamento de equipes brasileiras, só podem ser feitos por aviões dos países de origem e destino", disse o prefeito ao Bom Dia Brasil/Bom Dia São Paulo.

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, lamentou o acidente. "Levavam o nome de Chapecó e de Santa Catarina a todo Brasil e América Latina. Estava fazendo história ao ser o primeiro clube catarinense que disputa a final de um torneio internacional", afirmou, em nota.

O avião que levava a delegação da Chapecoense para a primeira final da Copa Sul-Americana diante do Atlético Nacional de Medellín sofreu uma pane elétrica e um pouso forçado na região de Antióquia, na Colômbia, cerca de 30 quilômetros do destino final, Medellín. Havia 81 pessoas na aeronave e o número de mortos supera os 70.

Veja abaixo a nota oficial divulgada pela prefeitura de Chapecó.

A respeito do acidente envolvendo a equipe da Chapecoense no início desta madrugada, a Administração Municipal informa oficialmente que o Prefeito Luciano Buligon, convidado para acompanhar a delegação, não estava no voo. O Prefeito está em São Paulo e embarcaria para Medelín, na Colômbia, nesta terça-feira (29-11), em voo comercial, para acompanhar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana. A Prefeitura de Chapecó manifesta profunda preocupação com o lamentável ocorrido, solidariza-se com todos os envolvidos e aguarda novas informações.

Veja também