TJMS
PMCG - 100 dias
(67) 99826-0686

Carro toca 'Imagine' nas ruas de Vitória e emociona moradores

Expressão '#SemMedo' foi projetada em prédios na cidade, em meio a crise de segurança

9 FEV 2017
O Globo
10h52min

Em meio à onda de violência no Espírito Santo, uma iniciativa simples espalhou versos de esperança para parte da população da capital, Vitória. Na noite desta quarta-feira, um carro percorreu uma rua do bairro Jardim da Penha tocando a música "Imagine", de John Lennon, em um alto-falante, e projetando a expressão "#SemMedo" na parede dos prédios.

A canção é uma espécie de hino pacifista composto pelo músico britânico e lançado em 1971, depois do fim dos Beatles. Com versos como "Imagine todas as pessoas vivendo em paz" e "Você pode dizer que eu sou um sonhador, mas eu não sou o úncio", "Imagine" foi a faixa mais vendida da carreira solo de Lennon.

Responsável pela iniciativa, o morador Rike Soares criou um evento no Facebook com o nome de "Transmissão ao vivo de Vitória", em que chamava os moradores para colaborar. "Vamos mostrar força, quanto mais pessoas, mais mostramos que o medo nunca irá vencer", diz o texto do evento na rede social.

Alguns registros da passagem de Soares pela rua foram publicados na web, e motivaram elogios dos internautas. "Uma atitude de paz, em dias de tanta violência, acalenta um pouco nossos corações!", escreveu uma pessoa. "Impossível conter as lágrimas.... Lindo demais!", comentou outra usuária. Nos vídeos, também é possível ouvir demonstrações de apoio.

O Espírito Santo vive uma grave crise de segurança desde sábado, quando familiares de policiais miltares começaram um movimento exigindo aumento de salários para os soldados. Eles estão concentrados nas portas dos batalhões, impedindo que os policiais deixem as unidades para fazer o patrulhamento das ruas.

Desde então, foram contabilizados ao menos 101 homicídios em diferentes cidades capixabas. Escolas, postos de saúde e outros órgãos públicos estão paralisados por causa da insegurança. Nesta quarta, o governador licenciado do Espírito Santo, Paulo Hartung, chamou o movimento de chantagem ilegal.

 

 

 

Veja também