re9
lalu kids
(67) 99826-0686

CMO tem passagem de comando de olho na fronteira

Reinaldo Azambuja falou dos avanços que a segurança das fronteiras vai receber com a instalação do primeiro Centro Integrado de Controle da Fronteira

15 OUT 2016
Vinícius Squinelo
16h34min
Foto: Divulgação

O governador Reinaldo Azambuja destacou a importância da presença dos militares na fronteira de Mato Grosso do Sul  e disse que novas tecnologias e investimentos vão reforçar a segurança em toda extensão fronteiriça brasileira. A afirmação foi dada, nesta sexta-feira (14), na cerimônia de troca do comando da 9ª Região do Comando Militar do Oeste (CMO).

Reinaldo Azambuja falou dos avanços que a segurança das fronteiras vai receber com a instalação do primeiro Centro Integrado de Controle da Fronteira em Campo Grande, assim como o Sisfron (Sistema de Monitoramento de Fronteira) que receberá investimentos do Governo federal.

“A importância da presença do CMO não é apenas pela sede, mas principalmente pelo raio de atuação em Mato Grosso do Sul, como também em toda extensão da fronteira. Também é muito importante frisar a instalação do Sisfron que integra toda a comunicação e dará um enorme ganho ao monitoramento de tempo real de toda a fronteira de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso”, disse o governador.

Na solenidade militar de passagem do Comando Militar do Oeste, o general de exército Gerson Menandro Garcia de Freitas – que chefiava as Operações Conjuntas (CHOC) do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), em Brasília, – assumiu o Comando Militar do Oeste (CMO), em Campo Grande. O general Menandro substitui o também general de exército Paulo Humberto César de Oliveira, que será designado para o Comando de Operações Terrestres (Coter), em Brasília e comandava o CMO desde 30 de abril de 2015.

Veja também