(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Corpo de PM não tem previsão de chegar a Capital devido ao mau tempo

Conflito Rondônia

16 NOV 2013
Aline Oliveira
16h05min
Divulgação

O corpo do Policial Militar, Luiz Pedro de Souza Gomes (33) ainda não chegou a Campo Grande, em função do mau tempo. Uma tempestade ocorrida em Cuiabá e região, interrompeu os vôos e por enquanto não há previsão de quando a aeronave sairá da capital mato-grossense.

 

A morte do policial aconteceu no último dia 14 de novembro, em Rondônia, durante um conflito decorrente de reintegração de posse, no Estado de Rondônia. O confronto teve inicio no dia 13 de novembro (quarta-feira), quando integrantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Polícia Federal, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) e a Força Nacional chegaram ao local. Logo depois, a PM foi chamada para reforçar a situação.

 

Há nove anos Luis Pedro iniciou a carreira militar e há dois meses estava à disposição da Força Nacional. O policial estava numa missão no Distrito de Rio Pardo em Porto Velho (RO). Ele foi morto em conflito durante reintegração de posse na Floresta Nacional (Flona) do Bom Futuro.

 

Veja também