novoengenho - policia
Top Midia Paineis publicitarios Ltda
(67) 99826-0686
Novoenggnho - Procon

Doces juninos colorem festas e viram fonte de renda em época de São João

Maçã do amor é o quitute preferido das doceiras e ganha versões de chocolate

16 JUN 2018
Bruna Vasconcelos
09h30min
Maçã do amor é uma boa opção de renda extra Foto: Wesley Ortiz

Maçã do amor, amendoim gourmet, quentão e cocada são alguns dos doces típicos de uma das festas mais esperadas do ano, a junina. As baixas temperaturas combinadas com os quitutes juninos agradam a maioria dos campo-grandenses e muitos aproveitam para tirar uma renda extra nos meses de junho e julho.

A procura por cursos culinários especializados em comidas típicas de festa junina começa a ficar intensa já no início de junho. As casas de doces de Campo Grande preparam estoque, contratam culinaristas e abrem vagas para os mais diversos treinamentos. 

Cerca de 20 mulheres lotaram a sala de aula de uma empresa da Capital à procura de novas receitas para garantir a renda extra nesta época do ano. O primeiro curso voltado pras comemorações de São João ensinou as alunas a prepararem Maçã do Amor, Quentão de Chocolate e Pipoca Gourmet. Os três quitutes são os mais procurados pelos consumidores nas vendas de rua, buffets temáticos e festas escolares.

Cláudia Gazzal, culinarista responsável pela aula, contou que a queridinha do momento é a maçã do amor. A professora também ressalta que os arraiais são boas oportunidades para as pessoas que, por algum motivo, não podem trabalhar longe de casa. 

A receita da maçã do amor pode sair do tradicional e ganhar uma repaginada com os sabores de chocolate e chocolate branco. A culinarista explica que os ingredientes necessários para fabricar a tradicional maçã são fáceis de encontrar em qualquer casa de doces. 

Para o preparo, a especialista mistura 5 colheres de sopa de glucose, 4 xícaras de chá de açúcar refinado, 1 xícara de chá de água e corante vermelho para uso alimentício.

Todos os ingredientes vão para a panela em fogo baixo até formar uma calda com ponto de fio duro. Ao chegar na consistência ideal, a panela deve ser retirada do fogo e as maçãs passadas na calda. O doce deve ser colocado sobre uma superfície untada com óleo até esfriar.

Veja também