zé ramalho
studio center
(67) 99826-0686

Lançado com pompas: Empresa cancela contrato para operar aeroporto de Bonito

Aeroporto estava sob intervenção do Governo desde setembro

18 JUN 2017
Airton Raes
18h03min
Foto: Reprodução

Em comunicado a imprensa, a Dix Empreendimentos informou que, desde a última quarta-feira, 14 de junho, a administração do aeroporto de Bonito passou a ser de responsabilidade do Governo do Estado.

A empresa ganhou em 2007 a licitação para construção do terminal de passageiros e gestão do aeródromo, a Dix também agregou ao aeroporto um dos onze hangares de referência no Brasil da BR Aviation e um moderno Posto de Abastecimento de Aeronave. Com isso, foi revertido ao Estado do Mato Grosso do Sul um patrimônio da ordem de R$16 milhões.

“O distrato foi motivado pela decisão exarada nos autos do processo de intervenção, publicada no Diário Oficial no último dia 16 de maio. Dessa forma, desde o dia 14 de junho de 2017, o aeroporto passou a ser de responsabilidade do Governo do Estado”, afirmou a empresa.

A Dix também alegou que não havia lucro na administração do aeroporto de Bonito. “Mesmo diante dos resultados operacionais negativos, registrados desde a sua inauguração em 2009, a Dix sempre primou pela busca de ofertar uma prestação de serviço com alto padrão de qualidade, tendo cumprido todas as exigências dos órgãos reguladores”, completou.

Em setembro do ano passado, o Governo do Estado determinou intervenção na administração do aeroporto, após a empresa descumprir as exigências do contrato, inclusive, se negando a fazer reparos importantes na pista. A secretaria de Estado de Infraestrutura determinou um interventor que ficou responsável por administrar o aeroporto e garantir que o contrato seja cumprido.

Veja também