RACIONAIS
CAPITAL
(67) 99826-0686

Estagiário é demitido após posts sexistas no Facebook

O jovem tirava fotos dentro dos empreendimentos que trabalhava com legendas consideradas preconceituosas

8 FEV 2017
Uol
17h51min
Foto: Reprodução

O estudante Gabriel Vaz, que era estagiário de engenharia civil do grupo Cantareira, foi desligado da empresa nessa terça-feira (8) por conta de uma série de postagens no Facebook que foram consideradas pela empresa como sexistas e extremistas.

O jovem tirava fotos dentro dos empreendimentos que trabalhava com legendas, como "Procurando alguma feminista para ajudar a descarregar [o caminhão] ... Direitos iguais até a carga de cimento" ou "Analisando um projeto hidrossanitário da rede de esgoto por onde vai passar os argumentos das feministas, aborteiras e etc...".

Em nota, o grupo Cantareira afirmou que, ao tomar conhecimento dessas postagens com teor sexista e extremista, optou pelo desligamento do estagiário da equipe. "Apesar das fotos terem sido feitas em nossos empreendimentos, ressaltamos que não reflete a opinião do grupo, mas particular [do estagiário]", afirma.

Vaz não reagiu bem à demissão. Além de fazer críticas ao dono da construtora que, segundo ele, é um deputado federal que votou contra a operação Lava-Jato, ele alegou que estava com três salários atrasados. "Houve uma conversa para que eu apagasse os posts bem-humorados que foram feitos enquanto estagiava lá com três meses de salários atrasados. Hoje, me desvinculo dessa empresa caloteira, que está usando essa situação para ficar bem na imagem pública, abalada por atrasos e calotes. Censurado por uma opinião divergente. Sigo firme na defesa da verdade", escreveu em sua página no Facebook.

Veja também