(67) 99826-0686

Estudantes começam a deixar locais de prova do Enem

As provas começaram às 13h30 e tem a duração máxima de quatro horas e meia.

12 NOV 2017
Agência Brasil
15h33min
Foto: Agência Brasil

A estudante Larissa Oliveira de Moura, 21 anos, foi a primeira a deixar o local de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no campus Pinheiros da Universidade Paulista (Unip). Ela saiu às 15h30, assim que os portões foram abertos.

Para a jovem, que pretende estudar gastronomia, a prova foi difícil. “Foi um pouco difícil porque eu não sou muito boa nessa área de matemática e química, mas eu fiz o que pude e dei o meu melhor. Espero que dê certo”, disse.

Apesar da dificuldade de hoje, ela conta que achou a prova deste ano mais fácil que a do ano passado. A expectativa dela é ter conseguido nota suficiente nas provas deste ano.

O estudante Luis Augusto Calvo, 26 anos, também foi um dos primeiros a deixar o local da prova. Essa é a segunda vez que ele presta o Enem. “Estava fácil. Matemática estava um pouco mais difícil, mas de resto, tranquilo”, disse o candidato que pretende conseguir uma vaga para o curso de fisioterapia.

A candidata Carla Cristina de Paula Messias, 27 anos, fez o Enem pela quinta vez.  “Estou tentando voltar para a faculdade no curso de fisioterapia”, explicou.

Para ela, a prova mais difícil de hoje foi a de química. “De forma geral, para quem estudou, a prova estava razoável. Para quem veio sem nenhum preparo, estava muito difícil. Mas quem ralou o ano inteiro, consegue tirar boa nota”, disse.

Ela acredita ter se saído bem nas provas. “Creio que no próximo ano vou conseguir voltar a estudar.”

A estudante Bruna Pavanelli, 22 anos, que tenta uma vaga para biomedicina, disse que a prova mais difícil foi a de física, por causa das fórmulas. “Achei a prova muito tranquila. O jogo de cintura era fazer os cálculos e deixar as alternativas por último, já que era questão de leitura mesmo”, disse. “Acho que fui bem no geral”, disse a jovem que faz o Enem pela segunda vez.

Veja também