(67) 99826-0686

28 dias: greve dos bancos continua com 95% das agências fechadas em Campo Grande

Conforme o sindicato da categoria, a greve vai se estender a Fenaban atender as reivindicações da categoria

3 OUT 2016
Anna Gomes
15h10min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo

A greve dos bancários segue forte e completa 28 dias nesta segunda-feira (3), sendo a maior em número de agências sem atendimento em todo país. Por orientação do Comando Nacional, o Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região realiza uma assembleia para discutir e organizar a ampliação do movimento.

Conforme o sindicato, em todo país, estão paralisadas 13.358 agências e 34 centros administrativos, o que significa 57% das unidades bancárias. Em Campo Grande e região, já são 152 unidades sem atendimento (95% das agências).

Até agora, já foram realizadas dez reuniões entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban. No último encontro, no dia 29, os bancos apresentaram uma proposta para dois anos, mas voltaram a insistir no reajuste de 7% para 2016. Para o próximo ano, o aumento seria o índice de inflação mais 0,5% de ganho real.

"A Fenaban mais uma vez decepciona a categoria, propondo um novo modelo de negociação com perdas em 2016 e 2017. A greve continua até que os bancos atendam as reivindicações dos bancários”, comentou o presidente do sindicato, Edvaldo Barros.

Veja também