zé ramalho
studio center
(67) 99826-0686

Mãe perde batalha judicial para receber pensão de Chorão

A Justiça entendeu que a morte precoce do vocalista da banda Charlie Brown Jr. não prejudicou a idosa financeiramente

7 AGO 2017
Msn
08h59min
Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu, na última quinta-feira (4), que Alexandre Abrão, filho do cantor Chorão, não tem obrigação de pagar uma pensão mensal à avó, Leonilda Zanoni.

De acordo com a revista “Época”, a Justiça entendeu que a morte precoce do vocalista da banda Charlie Brown Jr. não prejudicou a idosa financeiramente, já que ela tem mais três filhos com condições de ajuda-la.

Entretanto, o advogado da senhora, de 80 anos de idade, disse que os herdeiros de Leonilda não podem arcar com suas despesas e irá recorrer da decisão ao STF.

Leonilda Zanoni Abrão moveu uma ação pedindo a ajuda financeira de R$10 mil ao neto que, segundo ela, era a quantia que Chorão lhe dava por mês. O músico morreu em março de 2013.

 

Veja também