informe leilão
dr. hernia
(67) 99826-0686

MPE quer prisão de responsáveis por morte de jovem agredido com mangueira

Agora a decisão está nas mãos do juiz da 7ª Vara Criminal de Campo Grande

15 FEV 2017
Liziane Berrocal
18h43min

O pedido de prisão de Thiago Giovani Demarco Sena e Willian Larrea já foi entregue à Justiça de Mato Grosso do Sul. Eles são apontados como autores da agressão com uma mangueira de compressor de ar que levou a morte o adolescente Wesner Silva, de 17 anos.

Segundo apurado pela reportagem, o MPE (Ministério Público Estadual) deu parecer favorável a prisão dos envolvidos. A análise ficou a cargo do promotor

Luiz Antônio Freitas de Almeida, e o pedido foi encaminhado a 7ª Vara Criminal de Campo Grande de responsabilidade do juiz Marcelo Ivo de Oliveira.

A informação foi confirmada pelo delegado Paulo Sérgio Lauretto, da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) que enviou ontem mesmo após a morte do adolescente. Agora, é preciso aguardar se o juiz acata ou não o pedido.

Thiago e Willian cometeram a violência contra o jovem em um lava jato da Capital, após colocaram uma mangueira de compressor de ar em direção ao ânus de Wesner, causando lesões em seu intestino. Ele foi submetido a uma cirurgia de emergência e logo em seguida internado em estado grave.

Durante 11 dias o adolescente lutou pela vida, porém não resistiu e morreu nesta terça-feira (14) na Santa Casa da Capital. 

Veja também