conadhe
OUTUBRO ROSA
(67) 99826-0686

Rally dos Sertões acelera também a economia das cidades de Mato Grosso do Sul

Neste ano, o Rally dos Sertões completa 25 anos, com largada em Goiânia (GO) e chegada em Bonito (MS)

6 AGO 2017
Assessoria
12h12min
Foto: Reprodução

O Rally dos Sertões é bem mais que uma competição off road. A caravana da prova também acelera a economia das cidades por onde passa, pois incentiva os negócios em áreas como hospedagem, alimentação e combustíveis, além de gerar empregos diretos e indiretos. Neste ano, o Rally dos Sertões completa 25 anos, com largada em Goiânia (GO) e chegada em Bonito (MS). Serão 3300,06 km de aventura.

O setor de hospedagem é o primeiro a ser impactado positivamente pelo Rally dos Sertões. Pilotos, navegadores, equipes de apoio, organização e imprensa precisam de acomodações e lotam os hotéis. Foi o que aconteceu em Coxim (MS). “Em menos de 48 horas depois e ter sido anunciada a passagem do Rally dos Sertões, eu já estava com 100% dos leitos reservados”, conta Fernando Caprara, gerente do Hotel Coxim.

A passagem do Rally dos Sertões é saudada pelo prefeito de Coxim, Aloizio São José. “Nosso município tem um histórico ligado à pesca. Porém vivemos um momento de busca por novas alternativas econômicas e vislumbramos que o turismo de eventos esportivos é um caminho que tem merecido nossa dedicação por estarmos localizados em área de transição entre Cerrado e Pantanal. Temos sediado eventos off road e jogos estudantis anualmente, o que tem mostrado nossa capacidade de assumirmos em definitivo essa vocação que está relacionada ao ecoturismo e ao turismo de aventura. Sem dúvidas, o Rally dos Sertões será uma coroação, uma honrosa celebração para despontarmos nesse sentido de que o turismo pode transformar e melhorar nossa cidade”???.

Em 2017, o Rally dos Sertões completa 25 anos, com largada em Goiânia (GO) e chegada em Bonito (MS). Serão 3300 km de aventura.
Em Aquidauana (MS), município que também faz parte do histórico roteiro de 25 anos do Rally dos Sertões, aconteceu o mesmo. “A procura foi intensa e estamos com 100% de ocupação para o dia que o Rally dos Sertões passará pela nossa cidade. Seria fantástico se isso ocorresse todos os anos”, afirma o gerente do Fenix Plaza Hotel, Nilton César de Almeida Azevedo, .

Bonito (MS), que pela primeira vez recebe o Rally dos Sertões e será o destino final da competição, também festeja o fato de estar na rota da prova e, principalmente, porque vários integrantes da caravana deverão permanecer um pouco mais na cidade. “Será um impacto muito positivo para Bonito, cidade em que 60% da população vive do turismo. Será uma semana de alta em plena baixa temporada. A procura está intensa e alguns hotéis estão com todos os leitos bloqueados”, afirmou o responsável pelo Observatório de Turismo e Bonito Convention Visitors Bureau, Rodrigo Coinete.

ETAPAS

16 de agosto (quarta-feira)
Abertura Área de Box no Autódromo Internacional de Goiânia

17 de agosto (quinta-feira)
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.

18 de agosto (sexta-feira)
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.

19 de agosto (sábado)
Carreata pelo centro de Goiânia
Prólogo (tomada de tempo)
Distância: 6 quilômetros
Local: Cidade Alpha Goiás (o empreendimento Alphaville fica em uma área com 7,93 milhões de metros quadrados na região de Senador Canedo, próximo a Goiânia)
Corrida Insana de 5 quilômetros, com infláveis gigantes
(Autódromo Internacional de Goiânia)
Largada promocional no Autódromo de Goiânia

1ª Etapa – 20 de agosto (domingo)
Goiânia (GO) – Goianésia (GO)
DI (Deslocamento inicial) – 221,87 km
TE (Trecho especial cronometrado) – 306,82 km
DF (Deslocamento final) – 151,79 km
Total do dia: 680,48 km

2ª Etapa – 21 de agosto (segunda-feira)
Goianésia (GO) – Santa Terezinha de Goiás (GO)
(Etapa Maratona – pilotos não podem contar com a ajuda de mecânicos e equipes)
DI – 78 km
TE – 248 km
DF – 0 km
Total do dia: 326 km

3ª Etapa – 22 de agosto (terça-feira)
Santa Terezinha de Goiás (GO) – Aruanã (GO)
DI – 0 km
TE – 297,06km
DF – 9 km
Total do dia: 306,06 km

4ª Etapa – 23 de agosto (quarta-feira)
Aruanã (GO) – Barra do Garça (MT)
DI – 102,4 km
TE – 273,20 km
DF – 95,68 km
Total do dia: 471,28 km

5ª Etapa – 24 de agosto (quinta-feira)
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
DI – 13,85 km
TE – 438,86 km
DF – 213,30 km
Total do dia: 666,01 km

6ª Etapa – 25 de agosto (sexta-feira)
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
DI – 59,82 km
TE – 194,91 km
DF – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km

7ª Etapa – 26 de agosto (sábado)
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
DI – 128,62 km
TE – 240,45 km
DF – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km

Total da prova: 3300,06 km
Total de trechos especiais cronometrados: 1999,52 km

O Rally dos Sertões tem patrocínio de Honda, Mitsubishi, Divino Fogão e Caixa Econômica Federal. Apoio institucional dos Governos do Estado de Goiás e de Mato Grosso do Sul e da Prefeitura Municipal de Bonito. Apoio da Pirelli, Cidade Alpha e Truckvan. Supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Veja também