re9
lalu kids
(67) 99826-0686

Terapia e coaching trabalham metas pessoais e emocionais para efeitos mais significativos

O terapeuta da transformação existencial sistêmica, Otávio Reis, destaca que, aliando os processos de terapia e coaching, é possível obter resultados mais rápidos e expressivos

1 DEZ 2016
Redação
12h31min
Foto: Divulgação

O desenvolvimento pessoal é o primeiro passo para que o ser humano possa sair do lugar comum e avançar nos projetos particulares ou profissionais, controlar melhor os sentimentos, ter um novo olhar sobre o mundo, aumentar o foco e entender melhor a si mesmo. O terapeuta da transformação existencial sistêmica, Otávio Reis, destaca que, aliando os processos de terapia e coaching, é possível obter resultados mais rápidos e expressivos, sem perder o objetivo e a qualidade do atendimento.

A partir do momento em que a pessoa coloca desígnios bem definidos para chegar a um resultado, o movimento em sua volta começa a se modificar e a ela própria passa a agir de outra maneira. “O coaching traz a segurança de organização de tempo, de prioridade, de como solucionar um problema, de focar mais na solução e não no problema, senão você fica paralisado”, afirma Reis.

O atendimento é voltado para todas as idades e pode ser feita por todos que buscam um equilíbrio, seja ele emocional, físico, profissional ou social. A estudante de nutrição, Arlene Vasques, recebeu a indicação de um amigo para procurar os serviços do terapeuta para que pudesse melhorar a autoestima. “Ele trabalha muito a questão do positivismo e da sistêmica e em dois meses de terapia, já estou me sentindo muito melhor, passei a me amar mesmo, a me admirar, minha autoestima hoje está legal”, destacou.

Incluir tarefas para que o paciente execute fora das sessões é uma das ações fundamentais no processo, que segundo Reis, é somente uma das maneiras de trabalhar mudanças significativas. Dentro da terapia, a metodologia da tutoria faz com que as pessoas observem a coerência de suas atitudes de forma que isso se torne uma prática, buscando uma maneira de integrar os afazeres propostos com os sentimentos e com os automatismos existentes, e não somente dizer que o paciente tem que fazer e que não consegue.

O coaching pessoal procura fazer com que a pessoa se encontre internamente e entenda o que está acontecendo ao redor para chegar a uma conclusão, mas sem uma interferência direta. “Eu não direciono a pessoa. Eu a empodero e apresento ferramentas para que ela possa saber o que é melhor para que obtenha mais resultados”, explica o terapeuta.

A professora de Educação Física, Taiamã Salle Moreira, tem mudado muitos aspectos da vida e aprendendo a se descobrir por meio da terapia. De acordo com ela, procurou os serviços por questões profissionais, pois estava se sentindo confusa com relação a escolha da carreira. “Me perguntava se fiz a escolha certa, se estava na área certa. Mas conforme as sessões foram acontecendo, fui percebendo que tudo caminha junto, família, relacionamento e estou trabalhando tudo, todas as áreas da minha vida”, explicou.

O terapeuta trabalha de maneira diferente, passando exercícios para sentir, analisar, se posicionar e aderir ao dia a dia. Isso faz com que as pessoas tenham mais certeza da melhora e percebam os avanços conquistados. “Com ele consegui me desenvolver melhor e muito mais rápido. Em três sessões e já tinha entendido coisas que há tempos eu estava tentando entender o que estava acontecendo”, finalizou.

 A terapia de transformação existencial sistêmica é a junção de várias técnicas que visa com que o paciente encontre soluções rápidas para chegar a conclusões mais diretas, mas que também seja um processo de mudanças construtivas e realizações. A aplicação das técnicas depende do que cada pessoa quer trabalhar e os resultados que ela precisa. O importante, segundo o terapeuta, é que ela tenha resultados palpáveis.  

Veja também