FAPEC
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
word wine - almoco japones 2

Vocalista do Raça Negra discute com Claudia Raia sobre polêmica no museu

A atriz considerou um absurdo as críticas sofridas pelo museu

9 OUT 2017
TV Foco
08h55min
Foto: Reprodução

A exposição no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) que contou com uma criança tocando em um homem nu continua rendendo bastante polêmica. Dessa vez, foi alvo de discussão envolvendo o vocalista do Raça Negra dentro da parte sobre sexo no programa “Altas Horas”, da Globo.

Enquanto falavam sobre museus na França que incentivam crianças a observarem o corpo de pessoas desnudas como continuação da cultura antiga, Claudia Raia trouxe o assunto à tona. A atriz considerou um absurdo as críticas sofridas pelo museu.

“A mãe tava levando a criança, e a mãe deixou a criança tocar [no homem]. Você é responsável pelo seu filho, ou você leva ou não leva. Tudo começa de casa, né?” comentou a atriz, que foi interrompida pelo vocalista do grupo Raça Negra, Luiz Carlos.

“Eu, pessoalmente, não concordo que uma instituição como um museu e uma mãe também peguem um homem nu. Eu acho horrível o que ela fez, deixar uma menina de 4 anos de idade tocar esse corpo. E se ela, na inocência dela, vai no órgão sexual?”, disse o cantor.

Claudia rebate: “Sabe o que acontece? Aí é a educação de cada um, né? Como é que você vai interferir e falar para uma mãe: ‘Olha, isso que você tá fazendo é errado’. A gente não sabe como ela foi criada. E se ela foi criada de uma maneira mais livre?”

CANTOR FEZ COMENTÁRIO POLÊMICO NO ENCONTRO

Não é a primeira vez que Luiz causa discórdia em um comentário em um programa da Globo. Recentemente, ele discutiu com convidados do “Encontro” ao dar sua opinião sobre estupro.

“Temos que prestar atenção que hoje você vê uma menina de 12 anos, que quer se importar como uma mulher, então a gente tem que prestar atenção também. ‘Minha filha, eu não achei legal essa roupa’. Você tem que falar assim ‘esse batom vai significar o quê para você?’ Esse tipo de coisa para não chamar a atenção, porque esses caras estão aí, e eles acham que, por aquele tipo de comportamento, que com 10, 11 ou 12 anos quer se vestir como uma mãe…”, disse na ocaisão.

 

Veja também