CAPITAL
RACIONAIS
(67) 99826-0686

Debbie Reynolds, mãe de Carrie Fisher, morre 1 dia após a filha

O filho de Debbie, Todd Fisher, confirmou ao site TMZ que a mãe não resistiu

29 DEZ 2016
G1
09h26min

A atriz Debbie Reynolds, mãe da atriz e escritora Carrie Fisher, morreu na noite desta quarta (28), um dia depois de sua filha, aos 84 anos. O filho de Debbie, Todd Fisher, confirmou ao site TMZ que a mãe não resistiu após sofrer um Acidente Vascular Cerebral. "Ela está com Carrie", disse.

Antes, ao ser transportada para o hospital, a condição de Debbie foi avaliada como "entre moderada e grave" (o que significa que os sinais vitais estavam instáveis, mas não chegavam a um nível crítico), ainda segundo o TMZ. O site publicou a chamada de emergência, que foi feita da casa de Todd. O áudio do atendente identifica o caso como um AVC. Clique aqui para ouvir.

A carreira de Debbie Reynolds como atriz e dançarina foi marcada pelo musical "Cantando na Chuva", de 1952, com Gene Kelly e Donald O'Connor. Ela também atuou nos fimes "Será que ele é?" (1997) e "O Guarda-costas" (1992), entre outros, e em séries como "Uma família da pesada" (2008) e "Will & Grace" (1999-2006).


Debbie foi indicada ao Oscar de 1965 por "Inconquistável Molly", ganhou uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood em 1997 e, em 2016, a Academia lhe concedeu o prêmio humanitário Jean Hersholt. Ela também foi indicada cinco vezes ao Globo de Ouro (1951, 1957, 1965, 1970 e 1997) e uma vez ao Emmy (2000) e ganhou diversos prêmios de menor expressão.

Veja também