(67) 99826-0686

Após 'fofoca de amigo', mulher apanha, sofre ameaças e fica uma hora presa em banheiro

Um amigo tentou ajudar Marinete, mas foi ameaçado pelo autor com uma faca e saiu correndo

19 MAI 2017
Dany Nascimento
07h44min
Foto: Ilustração/TopMídiaNews

Marinete Aparecida de Fátima Francisco, 47 anos, acionou a Polícia Militar na madrugada desta sexta-feira (19), após ser agredida pelo marido, identificado como Luiz Antônio de Souza, 53 anos, dentro da residência da família, no jardim Climax, em Dourados.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, Luiz estava ingerindo café com conhaque, com um amigo, na sala da casa, enquanto a esposa assistia novela no quarto. Ela afirmou que ouviu os dois conversando em guarani, mas como não domina o idioma, não sabia do que se tratava o diálogo.

Por volta das 23 horas, o marido chamou a esposa na sala e afirmou que o amigo teria dito que ela o traiu com o vizinho da frente. Marinete desmentiu as alegações do amigo do marido e em seguida, ele tentou agredir o senhor, mas a mesma impediu. O amigo foi expulso com empurrões por Luiz.

Com a saída do homem, Luiz começou a repetir que a esposa tinha o traído e em seguida, começou a xingar a mesma, que abriu a porta da casa e mandou o marido ir embora. Irritado com a atitude da mulher, Luiz começou a dar socos no peito da vítima, tapas na cabeça e derrubou a mesma no chão.

Um amigo de Marinete ouviu os gritos da briga, entrou na casa para tentar ajudar a amiga, mas Luiz pegou uma faca de cozinha e foi para cima do homem, identificado apenas como Daniel. Assustado, o amigo da vítima foi embora e Luiz trancou a casa, jogando a vítima no chão novamente.

Luiz ficou de joelhos em cima da esposa e colocou a faca no rosto da mesma, causando um corte profundo. Ela afirmou ao autor que ia procurar a polícia e em seguida, ele trancou a esposa no banheiro por mais de uma hora. Para ser libertada, Marinete disse que não faria a denúncia e o esposo abriu a porta.

Ao perceber que a esposa estava sangrando, Luiz saiu correndo da casa pela porta dos fundos. Marinete pediu ajuda de um vizinho, foi até o restaurante onde o filho trabalha e foi levada para a UPA. Em seguida, a vítima foi até a delegacia e relatou que já apanhou outras vezes do companheiro. 

Veja também