(67) 99826-0686
Ulsan

Artistas protestam contra corte de verbas em Dourados

A assessoria da prefeitura informou que a prefeita Délia Razuk (PR) pretende marcar uma agenda com os artistas

15 FEV 2018
Dourados News
12h23min
Foto: Guilherme Pires

Artistas de Dourados se reuniram na manhã desta quinta-feira (15), no Parque dos Ipês, para protestar contra o edital publicado pela prefeitura do munícipio no último dia 9, que suspende o repasse de verba ao Fundo de Investimentos à Produção Artística e Cultural da cidade (Fip). O orçamento para 2018 foi aprovado pela Câmara de Vereadores e dos 50 projetos inscritos, 24 já estavam aprovados. 

A advogada, produtora cultural e poetisa Odila Lange que este ano lançaria um CD misto com música e poesia, disse que a medida é um prejuízo à população. 

“Nós apresentamos três vias do projeto, abrimos conta no banco como é solicitado, realizamos todos os trâmites, e agora os douradenses ficarão sem acesso à cultura. Ontem [14], a prefeita Délia [Razuk] me ligou e disse que um novo edital será publicado, porém não falou quando, e a questão é que se isso acontecer, precisaremos passar por toda a burocracia novamente?”, questiona Odila. 

Todo os projetos, conforme os artistas, passam por duas comissões técnicas na Secretaria de Cultura, uma avalia a documentação e outra se as produções oferecem qualidade e cultura à população. 

O valor de R$ 195 mil, que é anual, este ano uniu o orçamento do ano passado, fato inédito, mais o deste ano, que ao todo soma R$ 391.200. 

Em entrevista ao Dourados News, Antônio Junior que faz parte da Companhia Sucata Cultural, comentou que o mais prejudicado com isso é a população, além de destacar os projetos que seriam realizados este ano. 

“Nós não visamos lucro, mas levar conhecimento e diversão para Dourados; este ano, por exemplo, tínhamos a intenção de durante seis meses, todos os finais de semana, ter apresentações culturais e oficinas, tudo de graça, se estendendo a três distritos do município, que precisam vir até a cidade para desfrutar dessas ações, e agora, tudo acabou”, lamentou.

A assessoria da prefeitura informou à reportagem que a prefeita Délia Razuk (PR) pretende marcar uma agenda com os artistas e que amanhã irá se posicionar quanto a situação do Fip. 

 

Veja também