conadhe
OUTUBRO ROSA
(67) 99826-0686

Cadeirante morre ao ser esfaqueado no pescoço e ficar trancado em quarto

Uma jovem de 24 anos confessou ter esfaqueado a vítima, um homem de 57 anos

19 JUN 2017
Anna Gomes
08h23min
Foto: Arquivo Top Mídia News
interior-interna1
Victor Hugo - 28 anos

Diomar Gonçalves de Moura de 57 anos morreu após ser esfaqueado no pescoço, por uma jovem, identificada como Daiane Augusto de Oliveira de 24 anos. A vítima era cadeirante e após o ferimento ainda ficou trancada no quarto onde morava. O crime aconteceu na noite deste domingo (18), na cidade de Mundo Novo, município distante aproximadamente 470 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, uma testemunha disse aos policiais que mora no mesmo terreno da vítima, mas em residências diferentes. Por volta das 18h de ontem, a mulher estava em sua casa com os filhos, quando ouviu gemidos.

Preocupada, a testemunha foi verificar o que estava acontecendo, momento que viu Daiane saindo da casa da vítima com uma faca nas mãos e toda suja de sangue. Ao ver pela janela do quarto, a mulher conseguiu visualizar Diomar ferido em cima de uma cama.

Daiane ainda teria trancado a porta da casa ao sair, deixando a vítima agonizando no local. Após o crime, a suspeita fugiu em uma motocicleta pilotada por uma mulher identificada como Daisa Ferreira de Melo de 42 anos.

Testemunhas informaram o endereço de Daiane que foi localizada e presa em flagrante juntamente com Daisa que ajudou na fuga da suspeita. A polícia precisou arrombar a porta da residência da vítima

Daiane confessou o crime, mas não revelou o motivo. A faca, as roupas sujas de sangue a motocicleta usada pelas mulheres foram apreendidas. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Mundo Novo.  

 

interior-interna2
nando viana

Veja também