FAPEC
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
Gov presente - transparencia

Em julgamento histórico, réus por tentativa de homicídio em cidade do MS são absolvidos

Evento aconteceu na Câmara Municipal e atraiu 30 pessoas

30 NOV 2017
Thiago de Souza
19h52min
Primeiro júri de Alcinópolis absolveu os dois réus Foto: TJ/MS

Dois réus por tentativa de homicídio foram absolvidos, nessa quarta-feira (29), no primeiro júri popular da história de Alcinópolis. O local do júri, que demorou sete horas, foi a Câmara Municipal da cidade. 

O Promotor Público, Bolívar Luiz da Costa Vieira, e o advogado assistente de acusação, Cleidomar Furtado, pediram a desclassificação do crime para lesão corporal e o defensor público, Bruno Bertoli Grassani, pediu a absolvição dos dois. 

O crime ocorreu no dia 29 de maio de 2006, na fazenda Talismã,  em Alcinópolis. Os acusados dispararam contra a vítima, quando ela passava em uma estrada municipal que passa dentro da fazenda onde os acusados trabalhavam. 

Durante o julgamento, os acusados mudaram a versão inicial, que eram simplesmente vítimas, e alegaram que cometeram o ato por ordem dos patrões.

Os sete jurados foram escolhidos na sociedade de Alcinópolis. Foram duas mulheres e cinco homens, que ao final do debate entre defesa e acusação, absolveram os réus.  

O julgamento inédito atraiu cerca de 30 pessoas e movimentou a cidade. O vendedor Bruno de Oliveira dos Santos, 22, achou bom que o julgamento acontecesse na cidade para as pessoas terem interesse de saber o que a justiça faz com os crimes. 

"É uma coisa que eu nunca vi, por isto que eu vim. A impressão que a gente tem é que estamos dentro do julgamento", disse Bruno.

Veja também