(67) 99826-0686

Homem confessa que matou padrasto e bombeiros localizam corpo enroscado em rio

Fernando disse que matou o padrasto com um pedaço de madeira, porque o mesmo agredia sua mãe constantemente

9 FEV 2017
Dany Nascimento
08h31min
Foto: Edição MS

Após receber uma denúncia anônima sobre um assassinato, a Polícia Civil de Itaquiraí conseguiu localizar e prender o autor e com a ajuda do Corpo de Bombeiros de Naviraí, encontraram o corpo da vítima,  que foi jogado em um rio. O denunciante afirmou que um homem que reside no assentamento Santo Antonio, teria assassinado o padrasto há 15 dias e jogado no rio.

Os policiais civis identificaram o autor como Fernando dos Santos Ramiro, de 22 anos, que ao ser detido confessou o crime. De acordo com o Ta Na Mídia Naviraí, Fernando disse aos policiais que teria matado o padrasto Jose de Lima Cabral, porque a tempo ele vinha praticando agressões contra sua mãe e contou como matou a vítima.

Ele afirmou que utilizou um pedaço de madeira edesferiu vários golpes contra a cabeça do padrasto, e após matá-lo ainda amarrou suas mãos, colocou o corpo dentro de um saco plástico (tipo de adubo), e em seguida no porta-malas de seu veículo Gol.

 Fernando percorreu 20 km, até chegar ao Rio Gassu, localizado entre os assentamentos Santa Rosa e Boa Sorte e jogou o corpo dentro do córrego. A Polícia Civil acionou o Corpo de Bombeiros de Naviraí, para ajudar nas buscas pelo corpo.

Os bombeiros fizeram buscas pela superfície e leito do rio, conseguindo localizar o corpo por volta das 18h de ontem (8). O corpo de José foi encontrado enroscado em meio a uma vegetação. Ele já estava em estado avançado de decomposição, após ser retirado do rio e ser analisado pelo Perito Criminal , foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal)

Veja também