Águas
Corrida Cassems
(67) 99826-0686

Homem paga por sequestro de ex para fingir ser herói e reatar namoro

A mulher já tinha uma medida protetiva contra o ex-marido

9 AGO 2017
Anna Gomes
11h00min
Foto: JP News

David Pereira da Costa, de 40 anos, foi preso após supostamente planejar um roubo realizado contra a ex-namorada no domingo (06). Ele foi detido nesta terça-feira (8), pelos policiais  do Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil e Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Três Lagoas.

Segundo o site JP News, duas pessoas invadiram a casa da família de uma mulher, de 46 anos, quando ela chegava ao local juntamente com a filha de 10. Os bandidos exigiram que a vítima ligasse para o namorado, mas a mulher disse que não tinha mais nenhuma relação com David. Ela ainda revelou que já tinha até uma medida protetiva contra ele.

Mesmo com a afirmativa da mulher, os assaltantes obrigaram a moradora a ligar para David. Os bandidos exigiam que ele fosse até a residência e desse R$ 4 mil para "liberar" a moradora e a filha dela.

Minutos depois, David foi até a casa e entregou cerca de R$ 5 mil aos bandidos dizendo que ganhou o dinheiro em uma rodada de poker. Depois disso, os ladrões fugiram.

Investigações 

Após o registro da ocorrência, o SIG e a DEAM iniciaram a investigação e descobriram que a história de David Pereira era fantasiosa em relação ao dinheiro que ele supostamente entregou como resgate aos bandidos para soltarem as vítimas.

A polícia descobriu que David planejou o roubo seguido de sequestro para tentar se passar por "herói'' para a ex-namorada e, assim, reatar o relacionamento.

Segundo a polícia, David contou com a participação de duas pessoas que já têm várias passagens pela polícia. Um suspeito de 20 anos e outro, de 18 anos, foram identificados como sendo os comparsas de David Pereira.

Na noite do crime, os três realizaram um encenação para executar o roubo e fazer com que a vítima - a mulher de 46 anos - acreditasse que David Pereira tivesse pago o resgate e assim tentar reatar o namoro.

Na tarde desta terça-feira, os policiais do SIG e da DEAM realizaram diligências e conseguiram prender David que já estava com um mandado de prisão por descumprir a medida protetiva. A ação policial foi comandada pelos delegados Ailton Pereira, Thiago Passos e Rodrigo Speracin.

Ao ser preso, David Pereira revelou todo o plano e contou quem seriam os comparsas. Na casa de David, foi encontrado o aparelho celular que foi roubado da vítima. Segundo a polícia, David Pereira pagou R$ 2 mil para os comparsas praticarem o roubo.

Na casa do mandante, a polícia também encontrou uma arma calibre 36. David disse que arma pertence ao irmão dele, um homem de 40 anos.

Em outra diligência, na casa do suspeito de 20 anos, foi encontrada a arma que supostamente teria sido utilizada no roubo, uma pistola de brinquedo semelhante com a verdadeira.

Os policiais ainda encontraram certa quantidade de crack, embalados e prontos para a venda, um pequeno tablete de maconha e certa quantia em dinheiro. O suspeito conseguiu fugir quando percebeu a chegada da equipe policial na residência. Já o homem de 18 anos - apesar de identificado - não foi encontrado pelos policiais.

interior-interna2
zé ramalho

Veja também