(67) 99826-0686
Balanço PMCG fev

Tragédia com duas mortes revela suspeita em contrato milionário com prefeitura

Acidente trouxe à tona graves denúncias

5 SET 2016
Vinícius Squinelo
15h06min
Foto: Repórter Top

Um acidente com uma ambulância, na semana passada, causou uma tragédia que abalou Bonito, a 250 km de Campo Grande. Com a batida, Julica Rodrigues, mãe do vice-prefeito Josmail, que é candidato a prefeitura de Bonito, morreu. Além dela, o motorista da ambulância, Rito de Souza, também faleceu. 

O caso trouxe a tona denúncias de que uma empresa de Uberlândia, a Trivale Administração, apesar de receber cerca de R$ 1 milhão ao ano para fazer manutenção nos veículos da prefeitura, não cumpre o contrato. Isso porque ninguém nunca viu as pessoas responsáveis pela empresa na cidade. 

Segundo informações, o veículo não estava em condições de rodar, devido à falta de manutenção.  Fotos do estado dos pneus e do laudo de vistoria da ambulância foram distribuídas nas redes sociais e a família do motorista questionou a versão que ele tenha sofrido um enfarto. O acidente aconteceu logo na entrada da cidade, trecho que bastante conhecido pelo profissional. 

Segundo denúncias de funcionários, que temendo represálias preferiram não se identificarem, nem o montante gasto deixa os veículos em condições de rodagem.

Outras informações apontam que o motorista teria sofrido um infarto, o que é contestado por familiares, já que ele conhecia bem o trecho onde aconteceu o acidente, logo na entrada de Bonito.

A empresa está em nome de Egton de Oliveira Pajaro Junior, Fabio José Felice Pajaro, Claudio Roberto Felice Pajaro e João Batista Rodrigues.

Veja também