re9
lalu kids
(67) 99826-0686

TRF nega habeas corpus e fazendeiros acusados de ataque a índios em Caarapó continuam presos

No início deste mês outro pedido de liberdade já havia sido negado pela Corte

19 OUT 2016
Dourados Agora
17h50min
Fazendeiros têm pedido de soltura negado pelo TRF 3 Foto: Hédio Fazan

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região, em São Paulo, negou o pedido de habeas corpus a favor dos fazendeiros envolvidos no caso ataque contra comunidade indígena na cidade de Caarapó. Eles estão presos há dois meses.

Desta vez, quem pediu a soltura dos produtores rurais foi a defesa de Virgílio Mettifogo. No início do mês, a justiça já havia negado pedido ao advogado de Eduardo Tomonaga.

Além dos dois, estão presos Eduardo Yoshio Tomonaga, Jesus Camacho e Nelson Buainain Filho, dono da fazenda Ivu, palco onde teria ocorrido conflito em junho deste ano, com os indígenas da aldeia Tey Kue, vizinha a propriedade rural. Um índio morreu a tiros.

A Justiça tem negado habeas corpus para as defesas que mantém o posicionamento da ocorrência de confronto entre as partes. No entendimento dos desembargadores, não houve confronto. Eles justificam que os produtores rurais estavam em maior quantidade e munidos de armas letais. Um vídeo seria utilizado como prova. 

Veja também