zé ramalho
RACIONAIS
(67) 99826-0686

Na Lata: Bernal faz barraco em postagem após tia disparar contra vereador do PP

16 AGO 2017
Lara Croftt
09h50min

O barraco comeu solto entre o vereador Valdir Gomes (PP) e o ex-prefeito Alcides Bernal, do mesmo partido. Valdir não gostou de saber que uma tia de Bernal fez uma publicação insinuando que ele “se combinava muito bem” com o prefeito Marquinhos Trad (PSD) e estaria de mudança para o partido de Marquinhos.

“Estou muito bem com meu partido e com nosso Presidente Alcides Bernal. Vai procurar o que fazer e deixar de fazer fofoca descabida. Os Progressistas estão mais forte do que nunca”, garantiu em uma postagem com um print da postagem da professora Maria Nely Urbieta Bernal.

Quando viu a postagem, foi ao vivo, que Bernal respondeu repreendendo o correligionário. “Lamento as agressões à uma mulher, professora, idosa e militante da boa política que se sentiu no direito de manifestar sua opinião de que o vereador e prefeito possuem afinidades e identidade tanto que expõem fotos de trabalho ou eventos nas redes sociais. Todavia, embora entenda as agressivas manifestações, não concordo, reprovo, refuto veementemente as injustas, desmesuradamente desproporcionais e desnecessárias ofensas à professora aposentada Maria Nely, da qual tenho alegria e orgulho de ser sobrinho”, escreveu.

A puxada de orelha continuou. “Em nenhum momento vi ofensas ao SENHOR vereador Valdir Gomes no post da professora, apenas a democrática opinião de uma cidadã, eleitora e que tem direito de se manifestar. SENHOR vereador Valdir Gomes, Homem público deve ser respeitoso, compreensivo, estar preparado para ouvir críticas e, se quiser, se explicar, pois ele exerce um mandato eletivo e partidário”, afirmou Bernal.

Ocorre que nem mesmo o ex-prefeito deve ter feito essa lição de casa, visto que quando era chefe do Executivo Municipal não recebia muito bem as críticas e geralmente dava respostas atravessadas e colecionava desafetos. E parece ser de família, já que a briga continuou com um primo de Bernal ameaçando amigos do parlamentar e até mesmo de agredir uma mulher.

Já o vereador, foi defendido com unhas e dentes por seus seguidores. Agora, se ele precisava de um motivo para mudar de partido, já tem.


Na Lata: assassino e estuprador, Zeolla lê autoajuda em clínica psiquiátrica

15 AGO 2017
Vinícius Squinelo
10h59min

A Justiça parece que é realmente torta em Mato Grosso do Sul (só parece gente?). Alberto Zeolla, aposentado à fórceps como procurador de Justiça do Ministério Público, está vivendo tranquilamente na Clínica Nosso Lar, entidade de atendimento especializado. Por lá, gosta de ler livros de autoajuda e conversar com o pessoal, com quem demonstra clara lucidez.

Zeolla é condenado por matar o sobrinho com um tiro na cabeça à queima roupa, e ainda suspeito de estupro de vulnerável, denunciado por abusar de meninos. Quase não dá pra ver a blindagem do procurador não é mesmo?

Na Lata: protesto de esquerda é do pessoal do pão com mortadela, ironiza direita

14 AGO 2017
Vinícius Squinelo
10h22min

“Eles só não entraram porque o Zeca não trouxe o pão com mortadela”. A ironia é dos defensores do projeto Escola Sem Partido, em referência à já tradicional alimentação da esquerda em dias de protesto.

O deboche é feito nesta manhã, quando grupos à favor e contra o projeto se enfrentam na Câmara Municipal. Nada como o que está ocorrendo na Virgínia (EUA), onde grupos da extrema direita e da esquerda chegaram às vias de fato. Nada AINDA nesse nível, mas estamos no caminho...

Na Lata: iniciada por Zeca do PT, Gleise Hoffmann é ‘destruída’ em capa de revista nacional

12 AGO 2017
Vinícius Squinelo
08h10min

Gleisi Hoffmann, atual presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, foi destruída em capa desta semana da revista IstoÉ. A publicação detona a senadora, que agora resolveu apoiar descaradamente o regime de Nicolás Maduro na Venezuela, uma ditadura disfarçada em uma pseudodemocracia.

Para quem não lembra, Gleise foi ‘iniciada’ na política por Zeca do PT, atual deputado federal por Mato Grosso do Sul. Na época governador, Zeca ‘importou’ Gleise do Sul do País, e por aqui ela foi titular da Secretaria de Reestruturação Administrativa. Secretário de Estado era também seu marido, Paulo Bernardo, que já foi até preso pela Polícia Federal durante desdobramentos da operação Lava Jato.

Como sempre, MS se destacando Brasil afora!

Na Lata: Bernal toma pressão de Brasília, corre risco de perder PP e dá balão em filiados

11 AGO 2017
Vinícius Squinelo
14h12min

O ex-prefeito (será?) de Campo Grande, Alcides Bernal, do PP, tenta esconder eleição do Partido Progressista dos próprios filiados. A sigla realiza nesta sexta, em Mato Grosso do Sul, uma eleição fora de época. Não por vontade própria, mas por ordem expressa do comando do partido em Brasília.

Um dos vice-presidentes nacionais do PP – cargo que ganhou quando era prefeito de uma das Capitais do País – Bernal convidou apenas uma parcela dos 33 aptos a votar e escolher quem vai mandar na sigla em MS.

“Ele não nos convidou, ficamos sabendo por acaso, é uma vergonha isso”, disparou justamente um dos 33, que preferiu não se identificar. “Porque se falo meu nome ele me persegue”, explicou.

Bernal fez o que rege em Lei: publicou a convocação em jornal de cirtulação, lá no cantinho escondido. Mas nem uma ligação fez pra chamar quem deveria.

O que é isso Alcides Bernal, medo de perder o comando do partido? Explique-se!

Na Lata: os rolex e o deboche do senador petista cassado

10 AGO 2017
Jesse James
14h12min

Delcídio do Amaral. O ex-senador por Mato Grosso do Sul já saiu da cena política, mas detalhes ainda mostram o deboche com o sul-mato-grossense. Detalhes escondidos em documentos da Polícia Federal revelam como era (e ainda é) a vida do bonitão do Pantanal.

Conforme apurado pelo TopMídiaNews, nada menos do que uma dúzia de rolex foram apreendidos na casa do ex-senador. São 20 relógios de luxo. Um deles chega a custar 20 mil reais. SOMENTE UM.

Pra completar, mesmo cassado e teoricamente ‘na rua’, Delcídio segue curtindo a vida nas praias do Sul do País. Isso com a chance de ter a delação cancelada. Quem sabe assim ele volta pra cadeia...

Na Lata: Catador pede para ser adotado por desembargadora, ironiza site

9 AGO 2017
Queen Seixas
17h54min

Passa na zueira que ela não tem limites. Depois de ser escândalo nacional por quase um mês inteiro, mais uma vez o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) e a liberação de Breno Fernando Solon Borges para uma luxuosa clínica de tratamento antidrogas viraram piada.

Agora, o Sensacionalista “noticiou” que Rafael Braga quer ser adotado pela desembargadora Tania Garcia Borges para poder ter direito ao mesmo benefício.

Segundo o site, a estratégia do catador de recicláveis, que foi preso em 2013 com 0,6g de maconha e 9,3g de cocaína, é para explorar a jurisprudência criada pela liberação quase imediata do filho de Tânia, já que Breno foi preso em flagrante com 130 kg de maconha e munição de fuzil e a mãe foi buscá-lo na porta do presídio em Três Lagoas.

Já Rafael não teve o mesmo destino. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou pedido de habeas corpus impetrado por ele.

Na Lata: escândalo sexual entre vereadores abala cidades de MS

9 AGO 2017
Vinícius Squinelo
09h36min

Um caso extraconjugal entre um vereador e uma vereadora de duas cidades turísticas de Mato Grosso do Sul virou o escândalo sexual da semana. O vexame teve direito a tudo: denúncias de picaretagem, marido traído e até conversas íntimas divulgadas no WhatsApp. Uma vergonha só!

O caso veio à tona no sábado passado, quando o marido traído resolveu distribuir prints de conversas do WhatsApp da mulher, vereadora na cidade mais conhecida. Ela combinava, digamos, momentos calientes com outro homem, vereador em município vizinho, também conhecido pelas belezas naturais.

Os prints mostraram conversas nada convencionais entre os parlamentares, sendo ela casada. Ainda termina com desabafo do marido traído, que manda o vereador procurar ajuda divina.

Até áudio da filha do casal, uma criança, falando mal da mãe, o marido fez questão de mandar. E ainda tudo caiu na rede, supostamente sem ninguém saber como! Pra cidade toda ver!

E na cidade, ainda tem gente falando que o dito vereador usaria dinheiro de diárias, pagas com verba pública, pra dar uma saidinha com a esposa do outro. Será?

Por motivos de preservar quem não curte uma conversa sexual e também o resto da moral do (ainda) casal, preferimos não divulgar os prints e nomes. Que bafão...

Na Lata: de olho em 2018, Puccinelli encontra amigo Michel Temer toda semana

8 AGO 2017
Jesse James
08h24min

André Puccinelli, do PMDB, volta aos poucos à plena atividade política após o impacto da quarta fase da Operação Lama Asfáltica, quando o ex-governador acabou ‘grampeado’ com uma tornozeleira eletrônica.

Agora, ele encontra o amigo Michel Temer praticamente toda semana. Os dois foram colegas na Câmara de Deputados décadas atrás. Puccinelli tem viajado a Brasília semanalmente, ajudando nas articulações da bancada federal de Mato Grosso do Sul e também nas agendas nos Ministérios dos assuntos referentes ao Estado.

O objetivo seria criar ‘corpo’ partidário para 2018. Mas os impedimentos são vários: Puccinelli segue na mira da Polícia Federal, que pode desbaratar novas operações neste segundo semestre. E, pra completar, a popularidade de Temer não anda lá essas coisas. Parece que o futuro do italiano não é dos melhores...

Na Lata: símbolo da (in)Justiça, qual será o futuro da desembargadora Tânia Borges?

7 AGO 2017
Vinícius Squinelo
09h10min

A nova revelação sobre a família Borges colocou de vez a carreira da desembargadora Tânia Garcia Borges em xeque. Presidente do Tribunal Regional Eleitoral e uma das mais influentes dentro do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, a magistrada virou sinônimo da injustiça social em todo o País.

Boa parte do roteiro já é de conhecimento geral – e nacional: Breno Borges, filho da desembargadora Tânia, foi preso com quase 130 quilos de maconha, além munições de uso restrito. Segundo a Polícia Federal, ele seria ligado ao PCC (Primeiro Comando da Capital), maior e mais conhecida facção criminosa brasileira. Inclusive, participaria de plano para libertar um ‘irmão’ do PCC da prisão em MS.

Contra todas as possibilidades, Breno ‘ganhou’ rapidamente dois habeas corpus, ambos deferidos por desembargadores do TJMS, Ruy Florence e José Ale Ahmad Netto, e acabou recebendo permissão para se internar em uma clínica médica de luxo em São Paulo, sob alegação de ter ‘síndrome de Boderline’. A própria Tânia retirou o filho da unidade prisional, localizado no Bolsão de MS.

Os três desembargadores entraram na mira do Conselho Nacional de Justiça pelo acontecido.

Agora, mais um fato: o outro filho de Tânia, Bruno Borges, foi ‘agraciado’ com julgamento recorde. Ele foi preso em 16 de setembro de 2005, por ter realizado um assalto. Em sete dias o caso foi julgado, e Bruno também encaminhado para uma clínica particular, com a alegação de ser usuário de cocaína.

Sete dias!

@@NOTICIAS_RELACIONADAS@@

Antes considerada com um histórico irretocável e conhecida pelo profundo conhecimento jurídico, além de ter um currículo nacional e internacional invejado na área, Tânia agora virou escândalo nacional.

A desembargadora de MS é investigada pelo CNJ de fazer sim cumprir a Lei, porém em benefício próprio! A família Borges hoje é sinônimo de como funciona a (in) Justiça no País. Uma vergonha nacional e mais um motivo de vexame para Mato Grosso do Sul.
Agora, fica a questão: quais serão os próximos passos?

O Tribunal de Justiça sequer se pronuncia, porém, com o CNJ no caso, já é plausível cogitar um afastamento da desembargadora. Isso, é claro, na possibilidade do corporativismo não se sobressair e salvar o cargo de Tânia. O que normalmente acontece por aqui, lembrando o caso do procurador Miguel Vieira, flagrado na operação Uragano, afastado, mas que retomou o caso, ‘foi’ aposentado e hoje segue a vida normalmente ganhando R$ 38 mil por mês...