burguer fest
OUTUBRO ROSA
(67) 99826-0686
Na Lata - Conteúdo de alto Teor

Na Lata: CPMI liderada por Marun foi criada para minar Lava Jato, diz revista

Marun seria uma das ferramentas usadas por Temer para 'atrapalhar o jogo' ao invés de investigar

11 JUN 2017
Juliette Ferrars
16h33min
Foto: Reprodução
na-lata-interna1
Victor Hugo - 28 anos

A CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da JBS, planejada pelo deputado federal Carlos Marun (PMDB), é uma das ferramentas do Palácio do Planalto para atacar a Operação Lava Jato. É o que diz reportagem da revista Veja publicada na noite deste sábado (10), na edição online.

Segundo a revista, um auxiliar do presidente Michel Temer garantiu que o governo acionou a Agência Brasileira de Inteligência, o serviço secreto, para bisbilhotar a vida do ministro Edson Fachin com o objetivo de encontrar qualquer detalhe que possa fragilizar sua posição de relator da maior investigação do país.

Responsável por homologar a delação do dono da JBS, Joesley Batista, Fachin estaria sendo investigado pelo serviço secreto por ter voado em um jatinho da empresa. Como ele não terá cometido nenhuma ilegalidade caso tenha usado o avião, a informação, segundo a Veja, é destinada a constranger o ministro e insinuar que só homologou a delação em termos tão favoráveis ao dono da JBS porque lhe deve favores.

Marun seria uma das ferramentas usadas por Temer, criando a CPMI com objetivo de atrapalhar o jogo ao invés de investigar reais possíveis irregularidades. "Em existindo uma amizade entre o Fachin e o [diretor da JBS Ricardo] Saud, ele teria de avaliar eventualmente sua condição até para homologar essa delação", afirmou o deputado para a reportagem.

na-lata-interna2
nando viana

Veja também