(67) 99826-0686

Enem: prazo para solicitar isenção de taxa acaba amanhã

Todos os interessados em fazer o Enem 2018, isentos ou não, também deverão fazer a inscrição entre 7 e 18 de maio

14 ABR 2018
Redação
14h11min
Foto: Uol

Os estudantes que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 e desejam a isenção de taxa devem ficar atentos. O prazo para a solicitação do benefício termina neste domingo, 15, e os alunos com direito à gratuidade têm prazo até as 23h59 para fazer a solicitação no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação.

O resultado da solicitação será divulgado no dia 23 de abril na Página do Participante, também disponível no site do Inep. O período de recursos é de 23 a 29 de abril, quando o interessado que tiver obtido resposta negativa na solicitação terá a oportunidade de apresentar novos documentos. A relação de documentos aceitos no caso de recursos está listada na página Enem 2018, igualmente acessível pelo Portal do Inep.

Todos os interessados em fazer o Enem 2018, isentos ou não, também deverão fazer a inscrição entre 7 e 18 de maio. Ou seja, a aprovação da solicitação de gratuidade no pagamento da taxa não significa que a inscrição está realizada automaticamente. Portanto, quem se enquadra nos critérios de isenção deve cumprir essas duas etapas.

Para que um candidato obtenha a isenção, deve atender a pelo menos um dos seguintes requisitos: esteja cursando a última série do ensino médio em 2018, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar; tenha alcançado nota mínima para certificação do ensino médio nas áreas para as quais se inscreveu no Encceja 2017; tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, e pertença a família cuja renda mensal, por pessoa, não seja superior a um salário mínimo e meio (R$ 1.431); esteja em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda que possua Número de Identificação Social (NIS), único e válido, e tenha renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 477) ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.862).

Veja também