festival de reggae
erro medico
(67) 99826-0686

VÍDEO: abalado, Puccinelli diz que foi bem tratado por policiais

Durante audiência de custódia, ex-governador nem de longe parecia o "coronel de MS"

15 NOV 2017
Liziane Berrocal e Vinícius Squinelo
08h20min

Durante a audiência de custódia que determinou a ida do ex-governador André Puccinelli para o Centro de Triagem no Complexo Penitenciário, no Jardim Noroeste, o juiz inicialmente inquiriu sobre todo o tratamento recebido por André desde o momento de sua prisão até a ida dele ao 3º Tribunal Regional Federal.

Bastante abatido e com voz baixa, André abdicou o direito de ficar em silêncio e afirmou que foi tratado com respeito e não tinha nenhum incidente a relatar.

“Fui tratado com respeito, não tenho nenhum incidente”, afirmou ele. Após a pergunta do magistrado Ney Gustavo Paes, o governador confirmou seus dados pessoais. “Tenho superior médico com especialização em cirurgia geral há 46 anos. Sou casado, nasci em 2 de julho de 1948”.

Inquirido se tinha filhos menores, ele apontou a idade dos filhos. “Não, tem 43 anos a Vanessa, 40 anos André Junior, 33 anos a Denise”.

Como acontece – ou deveria ser, em audiência, o preso foi perguntado se toma medicamentos. Aos 69 e hipertenso, como médico André explicou nos mínimos detalhes. “Tomo já há muitos anos, Atacand Combinado, Natrilix SR e Plenance, esses obrigatoriamente tenho que tomá-los. Fiz exame recentemente, tomo vitamina D que tinha deficiência, para ver se volta ao nível normal. Volta e meia tomo o AAS e volta e meia tomo o Mioflex A. Só, mas não obrigatoriamente. Eu tomo de manhã cedo de uma vez só e peço que meu advogado comunique a mulher e a mulher me leve”, finalizou em voz pausada e baixa. 

Veja o vídeo:

Veja também