Selviria Outubro
(67) 99826-0686
Doacao orgaos - outubro

Após ataque, casa de shows deve reabrir com segurança reforçada na Capital

Direção diz que preservou clientes, fechou as portas e não deixou ninguém sair após ataque

13 OUT 2018
Rodson Willyams
18h40min
Foto: Reprodução / Divulgação

A direção do Bar Fly, que foi alvo de ataque na madrugada deste sábado (13), deve reabrir às portas para mais um evento em Campo Grande. Os proprietários afirmam que devem redobrar a segurança e contam com o apoio da polícia em ronda pela região. A direção ainda acredita que os ataques voltado às casas destinadas ao público LGBT são motivados por influências políticas.

Ao TopMídiaNews, a direção informou que ao tomar conhecimento do ataque, fechou as portas e evitou que outras pessoas saíssem para o lado de fora do estabelecimento e fossem alvos do atirador. Os clientes só foram liberados no momento em que a polícia chegou, ou para aqueles que solicitaram viagens por aplicativos.

Os proprietários ainda informaram que logo após o jovem ter sido alvo de ataque. O rapaz foi levado para dentro da casa noturna. "Eu fiz os primeiros socorros à vítima. Ele estava consciente e orientado. Fiz o curativo e vi que o disparo pegou de raspão. Mesmo assim, meu filho e a minha secretária levaram o rapaz para o Posto do Tiradentes. Lá, o jovem entrou em contato com a mãe que logo depois o levou para Santa Casa para fazer um raio-x e exames. Mas já fiquei sabendo que ele está bem e em casa", diz a proprietária.

O caso

Testemunhas informaram à polícia que homens dentro de um veículo Golf passaram em frente ao estabelecimento gritando contra os clientes que estavam no local. "Gritavam bando de maconheiro e viados".  Logo depois, o veículo retornou ao local e um homem desceu do carro e abriu fogo contra o local. No momento, um rapaz acabou atingido de raspão sendo levado para dentro do bar.

Às câmeras de segurança registraram o momento em que o homem saiu do veículo armado. Porém, as imagens não conseguiram registrar a placa do carro. "Estacionaram o carro na esquina de cima do bar, um ficou com as luzes do carro ligado para que o outro descesse e desse os tiros", relata os administradores do local.

Ao ouvir os disparos, o clientes ficaram com medo, mas só foram liberados com a chegada da polícia. O caso aconteceu por volta das 2h27 desta madrugada.

A casa deve reabrir hoje com segurança reforçada e contando com o apoio de rondas policiais. O local realizar festas temáticas que acabam sendo o ponto do público LGBT.

Outros estabelecimentos como a Daza, Invicta também foram alvos de ataques neste ano. O Bar Fly foi a terceira casa alvo de ações semelhantes. O caso deve ser investigado pela polícia.

 

 

Veja também