TJMS
re9
(67) 99826-0686

Após duas horas de depoimento, autor de homicídio contra adolescente deixa delegacia

Conforme a delegada, autor está coloborando com as investigações e prisão preventiva não será pedida

13 OUT 2016
Kerolyn Araújo
17h15min
Delegada informou que autor está colaborando com as investigações Foto: Kerolyn Araújo

Após duas horas de depoimento, José Milton da Silva Fraga, 49 anos, que confessou ter matado um adolescente de 16 anos na última terça-feira (11), em um campo de futebol no Jardim Carioca, deixou a 7ª Delegacia de Polícia Civil acompanhado do advogado. Ele se apresentou à polícia na tarde desta quinta-feira (13).

De acordo com informações da delegada Rozely Dolor Galego, responsável pelo caso, a autor informou que agiu em um momento de raiva e que se sentia ameaçado pelo menor e pelos outros membros da gangue que ele fazia parte. "Vamos confrontar as declarações que ele deu durante o depoimento com as informações das testemunhas", explicou. 

Conforme a delegada, o autor está colaborando com as investigações e, por isso, não sera necessário o pedido de prisão preventiva. O inquérito policial do caso deverá ser encerrado em 30 dias. Ele responderá por homicídio qualificado.

O caso

Após ter a casa furtada três vezes e cansado de sofrer ameaças de membros de uma gangue que agia no Jardim Carioca, José Milton resolveu procurar os envolvidos na última terça-feira (11) para tirar 'satisfação'.

Durante o encontro, José acabou atirando contra o adolescente com uma espingarda de pressão. Ferido na região do abdômen, o menor morreu na hora.

Após o crime, membros da gangue foram até a casa de José e incendiaram o local. 

 

 

Veja também