FAPEC
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
cidade natal pmcg

Assassino de funileiro alega legítima defesa, mas não convence polícia

Delegado afirma que há indícios que provam o contrário do que o suspeito diz

5 DEZ 2017
Anna Gomes
09h45min
Foto: Edição de Notícias

Elvis Feliciano Alves Pereira, de 27 anos, o Mineirinho, se apresentou a polícia e alegou que matou o funileiro Aldo Jorge Araújo de Oliveira, de 50 anos, por legítima defesa. O crime aconteceu no último dia 23, na Vila Carmen, em Rio Verde.

Entretanto, de acordo com o site Edição de Notícias, esta versão não convenceu o delegado de Rio Verde, José Roberto de Oliveira Junior. Ele afirma que há indícios que provam o contrário. Mineirinho está respondendo por homicídio qualificado, por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. Segundo o delegado, ele responde em liberdade, pois, além de se apresentar, tem colaborado com a investigação.

A arma usada para matar o funileiro também foi entregue a polícia. Mineirinho disse que pegou o revólver de um cliente de seu bar, como garantia de pagamento.

Suspeito e vítima disputavam a posse de um bar da Rua Américo de Souza Brito. Eles acabaram se desentendendo e Mineirinho sacou a arma e disparou três vezes contra o funileiro. Pelo menos dois tiros acertaram a vítima, que morreu no local.

Veja também