Nilson Pugatti
(67) 99826-0686
Camara municipal

Assassino de militar da aeronáutica tem prisão preventiva decretada

Crime ocorreu no começo da noite do dia 12 de junho

14 JUN 2018
Kerolyn Araújo
16h47min
Foto: Reprodução/Facebook

O juiz Mauro Nering Karloh decretou nesta terça-feira (14), durante audiência de custódia, a prisão preventiva de João Victor Gomes Costa, 20 anos, suspeito de matar a tiros o militar da aeronáutica Rafael Lucas Soares, 23 anos, durante uma tenttaiva de assalto na noite da última terça-feira (12). 

Conforme o magistrado, João, que já possui duas passagens pela polícia, mesmo cumprindo medida socioeducativa, não deixou de retornar à prática de crimes.“Nada obstante, revela-se que o seu histórico infracional, somado ao fato que possui em seu desfavor medida protetiva, e a prática do crime de latrocínio, demonstram não só a gravidade em concreto, mas também a periculosidade do agente, o que implica em dizer que a soltura do autuado tornar-se-ia inócua para o acautelamento da ordem pública”, decidiu.

O caso

Rafael estava em frente a casa onde morava, no bairro Coophatrabalho, quando foi abordado por João Victor, que estava em uma motocicleta e em posse de um revólver calibre 32. A vítima reagiu ao assalto e acabou baleado com dois tiros e morreu na hora.

Por meio de imagens de câmeras de segurança, João Victor, que abandonou a motocicleta na cena do crime e fugiu a pé, foi identificado e preso horas após o assassinato na casa da sogra, no bairro Aero Rancho.

Veja também