TJMS
re9
(67) 99826-0686

Bandidos assaltam igrejas, levam caminhonetes e um acaba amarrado por vítimas

Os criminosos chegaram a atirar dentro de uma das igrejas na Capital

28 NOV 2016
Anna Gomes
09h02min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo

Bandidos 'tocaram' o terror na noite deste domingo (27), em Campo Grande. Três homens assaltaram igrejas, roubaram caminhonetes, mas durante um dos assaltos, um dos criminosos se deu mal, já que a arma 'falhou' e ele acabou sendo agredido e amarrado por populares até a chegada da polícia.

De acordo com o Batalhão de Choque, o primeiro roubo aconteceu no Bairro Nova Esperança, onde três assaltantes levaram uma caminhonete Ranger de cor cinza. Em seguida, os homens resolveram roubar outra igreja, localizada na Rua Alexandre Fleming, onde conseguiram levar uma S10 de cor branca.

Já no terceiro assalto, pelo menos um dos criminosos, identificado como Victor Hugo Lima Brandão, de 19 anos, se deu mal ao tentar roubar outra caminhonete S10 de um homem de 41 anos.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 21h30, a polícia foi acionada para comparecer na Rua Ana Luiza de Souza, no Bairro Pioneiros, e quando os policiais chegaram ao local, já encontraram Victor no chão com as pernas amarradas e uma pistola 9mm ao lado do rapaz.

Populares informaram que os criminosos, sendo um deles Victor, anunciaram o assalto, agredindo a vítima com tapas, ordenando que ela entregasse sua caminhonete. Victor tentou atirar duas vezes contra a vítima, mas a arma 'falhou'. Neste momento, populares partiram para cima dos autores.

Victor Hugo entrou em luta corporal com a população, mas acabou levando a pior já que ficou com uma lesão no nariz e um corte no queixo. Em seguida, populares amarraram o suspeito até a chegada da polícia. Conforme consta no registro policial, neste terceiro assalto, Victor estava apenas com um comparsa, que acabou conseguindo fugir.

Devido às lesões, Victor precisou ser encaminhado para uma unidade de saúde. Durante uma checagem nas passagens policiais do rapaz, a polícia conseguiu descobrir que o jovem estava evadido do sistema prisional. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga.

Veja também