(67) 99826-0686

Barbeiro se nega a cortar cabelo de criança e estabelecimento se torna alvo de atentado

Um dos suspeitos de cometer o crime foi preso nesta madrugada; o irmão dele que também teria participado do atentado está foragido

13 FEV 2019
Da redação / Dourados News
08h27min
Foto: Reprodução / Dourados News

Uma barbearia localizada na Rua Adelina Rigotti, no Jardim Água Boa, em Dourados, foi alvo de disparos no início da noite de terça-feira (12). Dois homens, identificados como os irmãos Fernando Ferreira Pereira, 21 anos, e Adalberto Ferreira Pereira, 27 anos, são os principais suspeitos pelo crime. O primeiro está preso. 

De acordo com a ocorrência registrada pelo casal proprietário do estabelecimento, um homem de 39 anos e uma mulher de 25, recentemente discutiram por conta da negativa de se cortar o cabelo de um menino de 7 anos, parente das vítimas e dos autores. 

Após o fato, os donos do salão disseram ter recebido ameaças de outro irmão da dupla, resultando no registro de ocorrência no dia 11 de fevereiro. Já no dia seguinte, por volta de 19h30, o casal foi surpreendido com vários disparos no local. Testemunhas e as vítimas reconheceram Fernando e Adalberto. 

Um novo boletim de ocorrência foi registrado e policiais militares da Força Tática chegaram até a casa da sogra de Fernando, na Rua Cândido de Carvalho, no Jardim Canaã III, na madrugada de hoje (13). 

Questionado, ele negou qualquer participação no atentado. A moto utilizada pela dupla estava com ele e foi apreendida. A polícia ainda não localizou o irmão dele e nem a arma utilizada. O rapaz acabou autuado em flagrante pela tentativa de homicídio. 

Veja também