(67) 99826-0686

Caminhoneiro é preso com 1.365 quilos de maconha em fundo falso

Tabletes de maconha estavam embebidos em massa de tomate para disfarçar o cheiro

12 NOV 2017
Dourados News
11h51min
Foto: Reprodução

O caminhoneiro José Vanderlei da Silva, 51 anos, residente na cidade de Toledo, no Paraná, foi preso por volta das 11 horas, deste sábado, dia 11 de novembro, por uma equipe de policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), quando trafegava pela rodovia MS-386, próximo do posto Tagi, no distrito de Sanga Puitã, município de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

Segundo informações o motorista estava em uma carreta Scania, modelo 112H, com placas da cidade de Maringá, no Paraná, carregada com 25 toneladas de soja a granel e no momento da abordagem apresentou dificuldade para a procedência da leguminosa e para onde estava sendo levada, o que motivou a realização de uma busca completo no veículo, que culminou com a descoberta de um fundo falso sob a carroceria da carreta.

Em seguida o veículo foi levado até uma cerealista da região, onde a soja foi descarregada, sendo possível localizar vários tabletes de maconha que para disfarçar o cheiro estavam embebidos em massa de tomate, e que após pesados totalizaram 1.365 quilos da droga. 

A carreta, a maconha e o motorista, foram encaminhados para a sede da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), em Dourados, onde José Vanderlei foi autuado em flagrante pelo tráfico de drogas e confessou que pegou a droga em Amambai e levaria até Maringá, pelo que ganharia a importância de R$ 5.000.00. 

Veja também