(67) 99826-0686
AGEREG TARIFA MÍNIMA

Casal acusado de duplo homicídio é transferido de presídio

A dupla foi presa em um hotel no último dia 18 de dezembro

13 JAN 2018
Anna Gomes
12h30min
Foto: Diário Corumbaense

Rita de Cássia Ledesma, de 23 anos, e Diego Antônio da Silva, o Diego Antonny, 25 anos, acusados dos assassinatos de Paulo Mariano Pinto, de 58 anos, e da mulher dele, Marilene Ledesma Ferreira, de 53 anos, mãe de Rita, foram transferidos para os presídios feminino e masculino de Corumbá.

Segundo o site Diário Corumbaense, os dois tinham sido presos no dia 18 de dezembro pela Polícia Militar em um hotel no município sul-mato-grossense de Chapadão Sul, distante cerca de 330 quilômetros de Corumbá, onde permaneceram até a transferência. A filha de Rita, de três anos de idade, estava com eles e foi encaminhada ao Conselho Tutelar.

Com os acusados, também foram encontradas as carteiras de identidade das vítimas e houve a informação de que os celulares de Marilene e Paulo teriam servido de pagamento das diárias do hotel onde estavam hospedados. Rita e Diego já são indiciados por homicídio qualificado por motivo fútil, ocultação de cadáver e furto qualificado.

O caso

Os dois estavam foragidos desde o dia 24 de novembro, após o duplo homicídio ser descoberto por familiares, que estavam sem notícia do casal Paulo e Marilene, mãe de Rita. Parentes foram até a residência, no Loteamento Pantanal, arrombaram a porta e encontraram os corpos enterrados e em avançado estado de decomposição, na varanda da casa. Marilene levou três facadas enquanto Paulo, padrasto de Rita, foi morto com uma facada nas costas.

Depois do crime, cuja motivação seria porque a mãe da acusada não aceitava o relacionamento com Diego, os dois venderam pertences do casal e fugiram, passando provavelmente por outras cidades. Após a prisão deles, ao Diário Corumbaense, o investigador Hélton Cavalheiro, da Delegacia de Polícia de Chapadão do Sul, disse que Rita e Diego foram reconhecidos em um mercado e acabaram denunciados.

Agora em Corumbá, o casal acusado do duplo homicídio, que chocou os moradores da região, deve prestar depoimento sobre o crime à Polícia Civil.

Veja também