(67) 99826-0686

Crianças são chamadas para ver cachorro, mas acabam estupradas em MS

Suspeito foi preso e as vítimas o reconheceram devido as tatuagens

14 SET 2016
Anna Gomes
08h26min
Foto: Maracaju Na Hora

Lauro dos Santos Duarte, 33 anos, foi preso pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) nesta terça-feira (13), suspeito de estuprar crianças e as vítimas reconheceram o suposto autor pelas tatuagens. Os crimes aconteceram em Maracaju, município distante aproximadamente 160 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o site Maracaju na Hora, Duarte teria estuprado uma criança de 10 anos no dia 16 de junho deste ano. Já no dia 30 de agosto de 2013, Lauro também teria tentado estuprar uma adolescente de 12 anos.

Durante as investigações sobre os crimes, a equipe de policiais civis conseguiu informações que levaram até Lauro. Por meio de fotografias as vítimas o reconheceram sem nenhuma dúvida, indicando inclusive tatuagens que Lauro possui.

 ?Após a prisão de Lauro, outra vítima compareceu na Delegacia de Polícia e o reconheceu como sendo o autor de uma tentativa de estupro ocorrido no dia 16 de junho de 2014, também em Maracaju.

Conforme os depoimentos prestados, Lauro se aproveitava da ausência dos pais nas casas e entrava nas residências alegando que iria fazer algum conserto na casa, momento em que abusava das crianças.

Outro modo agir do suspeito era chamar as crianças na rua para ver cachorros dentro de imóveis ou em construções, lá também abusava sexualmente.

Caso haja qualquer informação de outras vítimas de Lauro, compareça na Delegacia de Polícia de Maracaju para registrar boletim de ocorrência ou ligue (67) 3454-1972.

Veja também