(67) 99826-0686
PMCG Janeiro

Familiares de adolescente assassinado lamentam perda: 'dor que não passa'

O rapaz de 17 anos foi brutalmente assassinado nesta semana na Capital

10 JAN 2019
Anna Gomes
17h00min
Foto: Reprodução Facebook

Os familiares de Tiago da Silva de Jesus, 17 anos, que foi encontrado morto nesta terça-feira (8), lamentaram a partida do adolescente nas redes sociais. Os parentes da vítima residem no Estado do Mato Grosso, mas devem vir para Campo Grande, onde prestarão esclarecimentos à polícia.

O delegado Gustavo Bueno Vieira, da 5ª delegacia de Polícia Civil da Capital, relatou que os parentes de Tiago residem na cidade de Sinop, no MT, mas devem vir à Campo Grande para prestar esclarecimentos. Ainda conforme os comentários das redes sociais dos parentes do adolescente, a mãe dele já está em Mato Grosso do Sul.

A mãe de Tiago usou uma rede social para desabafar. “Filho meu, por que você se foi e deixou essa dor que não passa?’’, disse. A publicação é seguida de vários comentários que também lamentam a morte do adolescente. “Meu Deus, não dá pra acreditar”, disse outra pessoa.


A irmã do menor também usou uma rede social e relata não acreditar. Seguida de palavras de consolos, amigos da mulher tentam acalmá-la neste momento difícil. “Ele foi morar com Deus, amiga”, disse uma colega.

Crime

Na última terça-feira (8), o corpo de Tiago foi encontrado na Rua Onze Horas, no Jardim das Hortências. O cadáver foi localizado por moradores que acionaram a polícia.

Os assassinos usaram uma corda para enforcar o menor que também quase chegou a ser degolado com um corte profundo no pescoço. Depois de matarem o adolescente, os criminosos colocaram um cobertor para tentar ‘esconder’ o cadáver.

Apesar dos suspeitos ainda não terem sido encontrados, Bueno conversou com a equipe de reportagem do TopMídiaNews e disse que as investigações estão a todo vapor. Depoimentos já estão sendo colhidos e imagens do circuito de segurança também devem ajudar no trabalho da polícia.

Veja também