TJMS - Setembro
(67) 99826-0686

Golpista faz 3 vítimas e deixa prejuízo de R$ 50 mil com falsa venda de imóveis

As três pessoas entregaram seus veículos no negócio

15 SET 2018
Redação
16h17min
Foto: MS Todo Dia

A Polícia Civil de Costa Rica investiga a ação de um estelionatário que tem aplicado golpes na cidade, por meio da falsa venda de imóveis. De acordo com o MS Todo Dia, o suspeito, que já foi identificado, fez pelo menos três vítimas nos últimos dias e deixou prejuízo estimado em R$ 50 mil. As três pessoas entregaram seus veículos no negócio. Os investigadores trabalham agora para tentar localizá-lo e, na medida do possível, restituir os danos materiais causados por ele.

De acordo com o delegado Alexandro Mendes de Araújo, o golpe funciona da seguinte forma: o suspeito vai a uma imobiliária, adquire um imóvel na cidade de forma legal, dividido em várias parcelas. Em seguida, recebe o documento de promessa de compra e venda assinado por ele e pela imobiliária, chega até pagar uma parcela e depois revende o imóvel para desavisados, que acreditam se tratar de uma boa oportunidade de negócio.

Por exemplo, ele compra um terreno de R$ 80 mil, paga uma parcela de R$ 1 mil e depois vende à vista, para mais de uma pessoa, por R$ 40 ou R$ 50 mil, valor bem abaixo do preço de mercado, o que atrai os compradores. "O sujeito cai no golpe seduzido pela proposta vantajosa de comprar um terreno abaixo do preço. A pessoa se deixar levar e acredita que o contrato de promessa de compra e venda tem efeito de escritura, quando não tem", disse.

O delegado explicou ainda que, das três vítimas, duas delas deram um carro e uma deu uma moto. Ele orienta que todas as compras de alto valor devem ser checadas. "Antes de fechar um negócio imobiliário, procure a imobiliária envolvida, pois como no caso dele, o documento de promessa de compra e venda não vale como escritura. Dinheiro não cai do céu, o cidadão por ganância ou ignorância se deixa iludir pela proposta vantajosa".

Veja também