FAPEC
Assembleia a  04 a 18/12
(67) 99826-0686
word wine - almoco japones 2

Homem confessa 'crime grave' e morre ao se jogar em frente a ônibus

Vítima do atropelamento teria acabado de confessar ato criminoso na Casa da Mulher Brasileira

10 AGO 2017
Amanda Amaral e Kerolyn Araújo
18h00min
Foto: Wesley Ortiz

Faleceu na hora, após ser atropelado por um ônibus, o homem identificado como Ivan Nenésio da Silva, de 42 anos. Ele teria se jogado na frente do veículo, após confessar crime por volta de 16h30 desta quinta-feira (10) na Casa da Mulher Brasileira, no Jardim Imá, em Campo Grande.

Segundo testemunhas, o homem entrou no centro de enfrentamento à violência contra as mulheres e disse que teria cometido um ‘crime feio’ e que, por isso, merecia morrer. Transtornado, o homem seguiu até a Rua Brasília e se atirou contra o veículo de transporte público, que fazia a linha Jardim Iná.

Ferido gravemente na região da cabeça, Ivan morreu na hora, antes mesmo da chegada do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A reportagem tentou confirmar informações com a Casa da Mulher Brasileira sobre a presença do homem no local, mas as atendentes afirmaram que não eram autorizadas a repassar qualquer informação. 

Veja também