festival de reggae
erro medico
(67) 99826-0686

Homem é agredido e mantido em cativeiro ao ser confundido com irmão de policial

Vítima foi espancada e ameaça de morte por usuários de drogas

15 JUL 2017
Kerolyn Araújo
13h46min

Um homem, de 32 anos, passou horas de terror após ser confundido com irmão de policial. Ele foi mantido em cativeiro, agredido e ameaçado de morte por usuários de drogas. O caso ocorreu entre o final da tarde de ontem (14) e a madrugada de hoje (15), no bairro Monte Castelo.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a vítima relatou que estava passando pela rua Livramento por volta das 17h15, quando foi abordado por um homem identificado como Cleiton. Segundo a vítima, Cleiton é usuário de drogas e já foi seu vizinho.

Segundo relatos do homem, na rua Livramento existe uma casa que é utilizada por usuários para consumo de drogas. Ele costuma passar em frente ao imóvel todos os dias na volta do serviço. Ontem, ao passar, por abordado por Cleiton e outros usuários, que o cercaram e levaram para dentro da residência.

No local, a vítima teve os pés, as mãos e o pescoço amarrados por um frio e energia. Ele foi agredido pelos usuários e acusado de ter denunciado o grupo ao irmão, que seria policial. O homem relatou aos agressores que seu irmão era bombeiro e não militar, mas as agressões não acabaram.

Conforme a vítima, os usuários faziam revezamente pna hora de espancá-lo e humilha-lo. Em determinado momento, o irmão de Cleiton, que é paraplégico e estava deitado em uma cama, mandou que ele matasse a vítima.

Algumas pessoas chegaram na casa com engradado de cervejas, distraíndo os usuários. Neste momento, ja na amdrugada de hoje, a vítima conseguiu cortar o frio que amarrava o pé e fugiu pulando o muro da residência.

Os usuários, além de manter a vítima em cativeiro, também roubaram o celular e o salário do homem.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro.

Veja também