(67) 99826-0686

Em vídeo, homem denuncia corrupção e chama comandante da PMA 'para a porrada'

Polícia vai averiguar o caso

9 SET 2017
Thiago de Souza
10h50min
Homem denuncia corrupção na PMA de Coxim Foto: Reprodução

Circula nas redes sociais um vídeo onde um homem, que seria pescador, relata um desentendimento entre ele e o comandante da PMA (Polícia Militar Ambiental) em Coxim,  e envolve um jornalista local. Ele denuncia suposta corrupção na polícia e intima o oficial a sair na "porrada" com ele.

O vídeo tem dois minutos de duração e, nele, o homem relembra que no dia 6 de setembro esteve na casa de um pescador, identificado apenas como Kalil, acompanhado de um jornalista e o comandante da PMA local, tenente PM Anderson Ortiz.

Na ocasião, diz o denunciante, Ortiz o teria desacatado no encontro, e que ele teve de 'abaixar a bola' para o comandante, pois estava na casa de uma 'pessoa de família'.

''O senhor me desacatou, disse que eu estava falando bosta'', diz o pescador. Outro ponto que o deixou irritado, foi o fato de Ortiz, supostamente ter intimado o jornalista Sidney Assis para a briga.

''O senhor, tenente, disse que o senhor arrancaria a farda e saía com ele [Assis] na porrada.  Eu quero que o senhor arranque a farda e saia na porrada comigo. Vou moer sua cara no pau, tá, eu vou 'ponhar' cabelo na sua careca'', ameaça.  

O homem que gravou o vídeo também denuncia um suposto caso de corrupção, no qual a PMA de Coxim teria 'fechado os olhos' para pescaria em local proibido, mas que depois de alguma denúncia, teria ido reprimir a pesca 'em tempo recorde'.

Ainda na gravação, o homem avisa o comandante-geral da PMA em MS, que Ortiz estaria infringindo conduta ética e chamando pessoas para brigar na rua.

O chefe de Comunicação da PMA, coronel PM Queiroz, disse que o comandante em Coxim está em operação, em local de difícil acesso. Ele diz que o oficial será ouvido sobre o caso e que medidas judiciais devem ser tomadas contra o denunciante. 

Tentamos contato com o jornalista Sidney Assis, mas o telefone só apontava caixa postal.

As primeiras informações eram de que o homem que fez a filmagem seria um policial, mas a PMA diz que ele é pescador. Veja o vídeo:

Veja também