(67) 99826-0686
HPV - OUTUBRO

Idosa é atropelada no Centro e condutora de motocicleta é levada para delegacia

Autora do atropelamento não possuía habilitação para conduzir veículo

9 AGO 2018
Amanda Amaral
15h42min
Foto: Wesley Ortiz

Maria de Lourdes, 65 anos, foi atropelada por uma motocicleta enquanto atravessava a Avenida Afonso Pena, na altura do cruzamento com a Rua 14 de Julho, no Centro de Campo Grande. A condutora do veículo não é habilitada para conduzi-lo, e foi levada para delegacia pela Polícia Militar de Trânsito.

O acidente ocorreu por volta de 15h desta quinta-feira (9). A vítima teve ferimentos pelo corpo e, mais gravemente, em um dos pés. Ela recebeu primeiros socorros pelo Corpo de Bombeiros.

A autora do atropelamento, que não quis ser identificada, avançou em sinalização verde, permitida. Testemunhas afirmam que a idosa atravessava fora da faixa de pedestres e, distraída, não viu a motocicleta.

O trânsito ficou lento por cerca de 30 minutos durante o atendimento, após isso foi liberado e segue normalmente. 

Lei

Ao haver flagrante de motorista não habilitado conduzindo veículo, quem tem responsabilidade pelo mesmo deverá arcar com uma multa gravíssima multiplicada por três, que tem um valor de R$ 880,41, e com sete pontos adicionados à sua CNH.

Se o motorista sem habilitação tiver cometido alguma infração ao estar conduzindo, o responsável também deverá arcar com as penalidades para essa infração. As informações são da página Doutor Multa.

Veja também