TJMS - Setembro
(67) 99826-0686

Jovem que matou militar tinha passagens por posse de drogas e violência doméstica

Vítima foi morta a tiros durante tentativa de assalto no bairro Coophatrabalho

15 JUN 2018
Kerolyn Araújo
11h02min
Foto: Divulgação/TJ/MS

João Victor Gomes Costa, 20 anos, preso na noite do dia 12 de junho após matar o militar da aeronáutica Rafael Lucas Soares, 23 anos, durante uma tentativa de assalto no bairro Coophatrabalho, já tinha passagens pela polícia por posse de drogas e violência doméstica e estava cumprindo medida socioeducativa por um dos crimes.

Conforme informações da polícia, Rafael estava em frente a casa onde morava, quando foi abordado por João Victor, que estava em uma motocicleta e em posse de um revólver calibre 32. A vítima reagiu ao assalto e acabou baleada com dois tiros. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. 

Por meio de imagens de câmeras de segurança, João Victor, que abandonou a motocicleta na cena do crime e fugiu a pé, foi identificado e preso horas após o assassinato na casa da sogra, no bairro Aero Rancho.

O suspeito passou por audiência de custódia na quinta-feira (14) e teve a prisão preventiva decretada pelo juiz Mauro Nering Karloh. 

Veja também