Nilson Pugatti
SElviria Dezembro
(67) 99826-0686
PMCG IPTU 2019

Justiça decreta prisão de vendedor que matou jovem no trânsito no Estrela D'alva e fugiu

Suspeito achou que tivesse batido em uma árvore

12 MAR 2018
Thiago de Souza
17h15min
Robison está preso preventivamente em Campo Grande Foto: Reprodução TJMS

Robison Fernandes Junior, 32 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, nesta segunda-feira (12), em Campo Grande. Ele é suspeito de atropelar e matar Matheus Santos, na madrugada de domingo (11), no bairro Estrela D'alva. Ele fugiu do local e justificou que teria batido em uma árvore.

Júnior já havia sido preso em flagrante minutos após o acidente, que ocorreu na Avenida Aracruz. Agora, vai permanecer atrás das grades por decisão do juiz Alexandre Branco Pucci.

A polícia constatou que Robison não bebeu na hora do acidente. Em depoimento disse que voltava da casa de uma tia, com os dois filhos no banco de trás. Ele relata que dormiu uma vez ao volante e acredita que na hora do acidente dormiu de novo. Ele se justifica dizendo que tomou relaxante muscular e um remédio antialérgico, o que provocou o sono.

Robison nega ter fugido, já que não sabia que havia uma vítima no local. Ele nega ter colocado um pano no portão para esconder o carro e disse que somente tapou o local com tecido TNT para evitar que roupas e brinquedos dos filhos fossem furtados.

Matheus Santos morreu no local após ser atendido. (Foto: Reprodução Facebook)

Informações de testemunhas no momento do acidente dão conta que o atropelamento poderia ser intencional, mas Robison nega. Ele afirma desconhecer a vítima, mas conhecia a namorada dele, Kethnem Paula, no entanto nega qualquer relacionamento com ela.

O acidente ocorreu por volta das 2 horas desse domingo (11), na avenida Aracruz, no bairro Estrela D'alva. Robison dirigia um Fiat Uno branco quando atingiu a vítima, que havia ido comprar cerveja na conveniência.

Matheus Santos tinha 21 anos. Assim que a Polícia Militar chegou ao local, ele ainda tinha sinais vitais. Porém, instantes depois de ser atentido,  o óbito dele foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros e socorristas do Samu.

Veja também