(67) 99826-0686

Mesmo sem denúncia formal, Decat investiga local de 'desova' de animais

Conforme informações da delegada Rosely Molina, animais mortos já foram retirados do local

12 SET 2016
Kerolyn Araújo
18h01min
Foto: Repórter Top

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista (Decat), está investigando o possível local de desova de animais de pequenos portes no bairro José Abrão, na Capital. Vários animais foram encontrados ontem (11) em uma estrada vicinal agonizando e, alguns deles, ja mortos.

Conforme informações da delegada titular da Decat, Rosely Molina, apesar do caso ainda não ter sido informado oficialmente à polícia por meio de boletim de ocorrência, já está sendo investigado. "Um policial foi encaminhado para a área, fotografou e estamos investigando o caso", disse a delegada. 

Os animais que estavam vivos foram resgatados pela protetora Sandra Lubas, 64 anos, que foi quem encontrou os bichos ao sair para procurar uma cadela poodle que estava desaparecida. Segundo a delegada, os animais que estavam sem vida já foram retirados do local pela prefeitura.

O caso

Os animais foram encontrados na manhã de ontem (11), em uma estrada no bairro José Abrão, próximo ao ginásio do Sesi. De acordo com Sandra, foram encontrados animais mortos e outros com vida agonizando. Uma cadela estava tentando parir um filhote, mas acabou morrendo. Um outro cachorro da raça boxer estava com os olhos sangrando dentro de uma caixa.

O cachorro está internado em uma clínica veterinária de Campo Grande e passa bem.

 

Veja também