(67) 99826-0686
PMCG ABRIL IPTU

Mulher se nega a fazer sexo com namorado e acaba agredida com capacete

A vítima estava com sangramento na cabeça e fingiu estar desmaiada

16 ABR 2018
Anna Gomes
12h15min
Foto: Arquivo Top Mídia News

Uma mulher de 36 anos foi agredida pelo namorado na madrugada deste domingo (15) em Três Lagoas após ela se negar a fazer sexo com ele. A vítima precisou fingir que estava desacordada para não ser mais agredida.

Por volta das 2h, segundo o site Patrulha News, a Polícia Militar foi chamada até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para atender um caso de violência doméstica. No local, os policiais conversaram com uma jovem de 22 anos, que é filha da vítima.

A jovem contou aos policiais que a mãe e o suspeito estavam ingerindo bebida alcoólica em um bar durante a noite. Quando o casal retornou para a residência, o homem pediu que a mulher mantivesse relação sexual com ele, mas a vítima disse que estava indisposta e se recusou a praticar tal ato.

Com isso, o suspeito ficou bastante nervoso e insistiu dizendo para a mulher que queria praticar sexo, mas a nova negativa deixou o homem furioso que começou a agredir a vítima com socos e chutes. O suspeito de posse de um capacete desferiu um golpe contra a cabeça da mulher que sofreu um ferimento com intenso sangramento.

Já na conversa com a vítima, a mulher declarou que após ser agredida violentamente pelo namorado, ela fingiu estar desacordada para que ele pudesse cessar as agressões. Ela ainda contou que o homem se abaixou próximo a ela e com os dedos, procurou aferir os batimentos cardíacos da vítima através da pulsação no pescoço. Logo em seguida, ele saiu da residência em uma motocicleta de cor branca. Socorrida por uma amiga, a mulher foi levada para a UPA.

A vítima precisou passar por uma intervenção cirúrgica e recebeu três pontos na região do ferimento, além de sofrer lesões na região do rosto e uma possível fratura nasal.

A equipe da Rádio Patrulha recebeu informação de que o suspeito reside, mas ele não foi localizado.

Veja também