(67) 99826-0686

Pedida prisão preventiva de agressores de adolescente

Thiago Demarco Sena e Willian Larrea foram os responsáveis por lesões em Wesner, que morreu após dias internado

15 FEV 2017
Liziane Berrocal
06h59min

A Justiça já teria recebido o pedido de prisão preventiva de Thiago Giovanni Demarco Sena e Willian Henrique Larrea. Segundo as informações apuradas pela reportagem, o pedido ainda está em fase de análise na 7ª Vara Criminal que é de competência do juiz Marcelo Ivo de Oliveira. O atraso para um possível deferimento é que ainda não haveria pronunciamento do MPE (Ministério Público Estadual). 

Em contato com o advogado de defesa dos suspeitos, a informação é que não haverá pronunciamento até a próxima semana porque o momento é de dor. “A defesa prefere não se pronunciar agora, respeitando o momento da família. Agora não é o momento de nos posicionarmos”, afirmou o advogado Francisco Guedes Neto.

Em contato com o delegado responsável pelo caso, Paulo Sérgio Lauretto da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) ele preferiu não dar mais informações, e apontou que estaria buscando trabalho conjunto com a Justiça para decidir a situação dos envolvidos.

Inicialmente o caso foi tratado como lesão corporal grave, porém, agora evolui para lesão corporal seguida de morte. No entanto, há a opção de apresentar denúncia por homicídio e com agravantes. 

Veja também