(67) 99826-0686

Professor de teatro confessou ter estuprado aluno de 12 anos mais de uma vez

A mãe da vítima viu as conversas do garoto com o estuprador e procurou a polícia

12 SET 2017
Anna Gomes
14h57min
Local onde as 'aulas' aconteciam. Foto: André de Abreu

O professor de teatro de 55 anos, suspeito de estuprar o aluno de 12 anos, confessou o crime e a polícia não descarta a possibilidade de que ele tenha feito outras vítimas. Conforme os relatos do suposto autor, que era de confiança da família do adolescente, os estupros teriam acontecido mais de uma vez, inclusive durante uma viagem que ele fez com garoto.

Conforme a delegada que assumiu o caso na manhã desta terça-feira (12), Marília de Brito Martins, da DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), o professor está acima de qualquer suspeita, como normalmente os pedófilos agem. Casado, pai de família e sem nenhuma passagem pela polícia, o fato só foi descoberto após a mãe da criança ver as conversas no celular entre o jovem o professor.

(Delegada Marília de Brito assumiu o caso nesta terça-feira) 

Ainda conforme a delegada, o adolescente disse que um outro garoto, também aluno do estuprador, teria sido mais uma vítima dos abusos. Marília destaca que podem sim aparecer outras vítimas durante as investigações e pede para que os pais de outros alunos do suposto autor conversem com seus filhos e, se suspeitarem algum abuso, que procurem a delegacia.

Exames já foram realizados e a polícia aguarda o resultado dos laudos periciais. O computador e o aparelho celular do professor foram apreendidos para verificar se, nos objetos, haviam arquivos de material pornográfico envolvendo menores de idade.

A polícia já colheu depoimentos da vítima, da mãe da criança e do suposto estuprador, que foi preso e responde pelo crime de estupro de vulnerável. Conforme os relatos, a vítima praticava sexo oral no professor.

Crime

Após perceber mudanças no comportamento do filho, a mãe da criança resolveu averiguar as mensagens do garoto e levou um grande susto no último domingo (10). O professor de teatro da vítima, o qual a família tinha plena confiança, estuprava o menino.

Nas mensagens, o professor comentava sobre sexo e ainda perguntava quando seria o próximo encontro com o garoto. A mãe procurou a delegacia e o estuprador foi preso em flagrante. 

Veja também